Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Cruzeiro empata com o Santos do México

Sem conseguir repetir o desempenho alcançado nas duas primeiras partidas pela Libertadores da América e diante de um adversário qualificado, o Cruzeiro deixou escapar hoje a chance de se isolar ainda mais na liderança do Grupo 3 da competição ao empatar, no Mineirão, em 1 a 1 com o Santos Laguna, do México. Apesar de não conseguir triunfar em casa, a equipe do técnico Vanderlei Luxemburgo continua em primeiro lugar na sua chave, com sete pontos ganhos em três partidas disputadas. Os mexicanos continuam em segundo, com cinco. O resultado frustrou as expectativas em torno do time celeste, que nas duas primeiras partidas do torneio venceu o Caracas, da Venezuela, e o Universidad Concepción, do Chile, ambos por 3 a 1. Uma nova vitória hoje deixaria o time estrelado bem próximo da classificação à próxima fase. Na próxima rodada, Cruzeiro e Santos Laguna voltam a se enfrentar, no dia 10 de março, no México, partida que pode representar a decisão do primeiro lugar do grupo. Num primeiro tempo truncado e de muita marcação, o Cruzeiro enfrentava dificuldades para dominar o jogo. O time mineiro, contudo, contou com uma falha da defesa mexicana para inaugurar o marcador, aos 25 minutos. O meia Wendell recebeu um lançamento do zagueiro Edu Dracena e avançou pela esquerda enquanto a zaga do Santos Laguna, estática, ficou pedindo impedimento. O jogador cruzeirense avançou e chutou rasteiro para o atacante Guilherme concluir de carrinho e fazer 1 a 0. O gol, porém, não chegou a facilitar a vida da equipe brasileira. Somente aos 43 minutos, o Cruzeiro criou outra chance clara para marcar, mas o craque Alex desperdiçou. A resposta dos mexicanos veio logo em seguida e o atacante Ruiz só não empatou porque o zagueiro Cris usou a cabeça para salvar o time da casa. A equipe do técnico Eduardo de la Torre voltou ainda mais determinada para a etapa final e, aos 20 minutos, chegou à igualdade no marcador. O centroavante Vuoso driblou Edu Dracena, entrou na área e chutou no canto direito de Gomes, fazendo 1 a 1. O meio-campista Sandro, que entrou no lugar de Jardel, ainda teve grande chance de marcar o segundo, mas chutou para fora.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.