Vinnicius Silva/Cruzeiro
Vinnicius Silva/Cruzeiro

Cruzeiro encerra treinos na semana e curte folga de carnaval; Léo garante foco

Serão três dias de descanso até a reapresentação no domingo à tarde

Redação, Estadão Conteúdo

28 de fevereiro de 2019 | 18h50

Sem compromissos pelo Campeonato Mineiro neste meio e no final de semana, os jogadores do Cruzeiro realizaram nesta quinta-feira, na Toca da Raposa II, em Belo Horizonte, o último treinamento antes da folga para o carnaval. Serão três dias de descanso até a reapresentação no domingo à tarde, quando a preparação será intensificada para a estreia na Copa Libertadores contra o Huracán, na Argentina, na quinta da semana que vem.

Mesmo com o descanso dado pela comissão técnica, o zagueiro Léo garantiu o foco total dos atletas para o primeiro jogo pela principal competição do Cruzeiro em 2019. "Passado o jogo contra a URT (no domingo passado), nosso foco total é esse jogo agora contra o Huracán. Já fizemos trabalhos específicos para esse confronto e a preparação está sendo boa. Será um jogo de muita pegada, com características diferentes por ser da Libertadores. Apesar de ser fora de casa, estamos 100% preparados para o que der e vier. Estamos bem taticamente, emocionalmente e fisicamente", revelou.

Com Dedé suspenso, Léo ainda não sabe qual jogador será o seu companheiro de zaga. O defensor mostrou confiança total em todas as opções do técnico Mano Menezes para a estreia na competição. "A opção e decisão é sempre do Mano Menezes. A gente sempre procura se adaptar o melhor possível seja com qualquer companheiro que estiver jogando. Muitas vezes o Dedé, outras vezes o Murilo, Fabrício Bruno e até mesmo o Cacá. Estamos adaptados, entrosados e conversando bastante, esses treinos estão sendo bons pra isso", afirmou.

O zagueiro do Cruzeiro fez um alerta sobre um velho conhecido do futebol brasileiro que joga no Huracán: o atacante paraguaio Lucas Barrios, que atuou por Grêmio e Palmeiras. "Barrios é um jogador de presença de área, é experiente, sabe usar o corpo, jogador que finaliza bem. Como ele e outros jogadores que tem experiência no Huracán, é importante redobrar a atenção", destacou.

Tudo o que sabemos sobre:
Cruzeiro Esporte Clubefutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.