Cruzeiro espera que goleada não afaste apoio da torcida

A derrota por 4 a 1 para o Santos encerrou uma invencibilidade de nove partidas do Cruzeiro no Campeonato Brasileiro, mas não abalou a confiança dos jogadores na luta pelo título nacional. Assim, o lateral-esquerdo Diego Renan espera que a goleada não afaste os torcedores. Ele espera ver a Arena do Jacaré lotada na quarta-feira, quando a equipe vai duelar com o Atlético Goianiense.

AE, Agência Estado

28 de setembro de 2010 | 14h10

"Espero casa cheia, o torcedor está confiante na equipe, não é por causa de uma derrota que isso vai mudar. Lá o torcedor forma um caldeirão e com certeza nossos adversários sentem isso. Então temos que tirar proveito, jogar junto com a torcida e fazer nossa parte dentro de campo, correndo, lutando. Se a gente mostrar que quer vencer dentro de campo, o torcedor vai estar sempre ao nosso lado", disse.

Diego Renan ressaltou que o carinho da torcida cruzeirense no dia-a-dia tem sido fundamental na ascensão da equipe no Brasileirão. "A gente vê os torcedores vindo aqui, visitando a Toca [da Raposa II], tendo contato direto com a gente e passando forças. Isso é importante pra nós jogadores sentirmos confiança e sabermos que temos condições de buscar o título", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.