Natacha Pisarenko/AP
Natacha Pisarenko/AP

Cruzeiro esquece início ruim no Brasileirão e só pensa no River Plate

Foco do time é o jogo de ida das quartas de final da Libertadores

Estadão Conteúdo

18 de maio de 2015 | 14h46

O Cruzeiro não teve o início de Campeonato Brasileiro que se esperava de atual bicampeão. Derrotado nas duas primeiras rodadas por Corinthians e Santos, o time está na lanterna da competição, sendo a única equipe que ainda não pontuou. O foco do time agora, porém, é o jogo de ida das quartas de final da Copa Libertadores, na próxima quinta-feira, diante do River Plate, na Argentina. Só depois disso o Cruzeiro começará a pensar na reabilitação no torneio nacional.

"Precisamos nos concentrar essa semana no jogo pela Libertadores. É a hora de esquecer o Brasileiro por enquanto e focar nessa decisão que está por vir. Temos um time qualificado e vamos em busca do bom resultado na Argentina. Será um jogo bastante complicado, então temos que aproveitar bem as chances criadas e definir", afirmou Manoel.

O zagueiro cruzeirense avaliou que o duelo de quinta-feira no Monumental del Nuñez deverá ter bastante pegada. Por isso, destacou a necessidade de não faltar garra ao time. Além disso, pediu atenção com a velocidade dos jogadores do setor ofensivo do River Plate.

"Time argentino é sempre raçudo e guerreiro, e que briga muito, então precisamos igualar a força porque qualidade nós temos de sobra. Com a bola jogar e sem a bola marcar forte porque eu vi o jogo deles e sei que é uma equipe rápida e que marca muito bem. Temos que estar espertos e tomar muito cuidado, parecido com o que fizemos contra o São Paulo, quando fizemos uma grande partida", concluiu.

Batido pelo Santos no último domingo na Vila Belmiro, o grupo do Cruzeiro voltou a Belo Horizonte na manhã desta segunda. O time volta a treinar na tarde desta terça-feira, às 15h30, na Toca da Raposa II, iniciando a preparação para o duelo com o River Plate.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.