Cruzeiro faz 5 a 0 no Avaí e encerra sequência de derrotas no Brasileirão

Após quatro resultados negativos, time mineiro goleia e torcida vibra em Uberlândia

Aline Reskalla, Agência Estado

13 de agosto de 2011 | 20h53

UBERLÂNDIA - Após quatro derrotas seguidas no Brasileiro, o Cruzeiro fez as pazes com o torcedor ao golear o Avaí por 5 a 0 na noite deste sábado, no Parque do Sabiá, em Uberlândia. A vitória puxou a equipe mineira da décima primeira para a décima posição na tabela, com 21 pontos, e afundou o time catarinense para a vice-lanterna, com apenas 13 pontos.

"Valeu o sacrifício, era um momento que a gente tinha que se doar para a equipe", disse Roger, que deixou o campo mancando. "As derrotas atrapalharam nossos planos, antes estávamos em sétimo lugar e depois caímos muito. Agora vamos tentar nos reaproximar no G4 e, se conseguirmos manter a regularidade, voltar a brigar pelo título", desabafou Tiago Ribeiro.

O time catarinense entrou confiante em campo, mas logo as falhas da defesa deixaram evidente a superioridade da equipe dirigida por Joel Santana, que dominou o jogo com facilidade. O primeiro gol saiu aos 27 minutos do primeiro tempo, com Fabrício aproveitando com categoria um passe perfeito de Roger.

Depois do gol, o domínio cruzeirense foi total. Anselmo Ramon marcou o segundo e Montillo, cobrando pênalti que resultou na expulsão de Welton Felipe, fez o terceiro. Poucos minutos depois, já nos acréscimos, o argentino desperdiçou a chance de ampliar, em nova penalidade máxima marcada contra o Avaí.

Com o jogo praticamente definido, o Cruzeiro diminuiu o ritmo no segundo tempo. E, já aos 35 minutos, Tiago Ribeiro - que substituiu Roger - fez o quarto. Aos 38, Ortigoza acertou um belíssimo chute de fora da área, no ângulo, e fechou a goleada. "Dedico o gol ao treinador, que sempre me dá chance, e ao time todo", festejou o paraguaio.

Na próxima rodada, o Cruzeiro enfrenta o Atlético Paranaense fora de casa, na quarta-feira, mesmo dia em que o Avaí recebe o Vasco.

CRUZEIRO - 5 - Fábio; Vítor, Léo, Naldo e Diego Renan; Marquinhos Paraná, Fabrício (Leandro Guerreiro), Roger (Thiago Ribeiro) e Montillo; Anselmo Ramon e Wellington Paulista (Ortigoza). Técnico: Joel Santana

AVAÍ - 0 - Felipe; Welton Felipe, Bruno e Dirceu; Daniel, Acleisson (Thiago Sales), Batista, Fabiano (Diogo Orlando), Cléverson e Romano; Rafael Coelho (Maurício Alves). Técnico: Alexandre Gallo

Gols - Fabrício, aos 27, Anselmo Ramon, aos 35, e Montillo (pênalti), aos 43 minutos do primeiro tempo; Thiago Ribeiro, aos 36, e Ortigoza, aos 38 minutos do segundo tempo; Árbitro - Péricles Bassols Pegado Cortez (RJ); Cartões amarelos - Fabrício, Fabiano e Dirceu; Cartão vermelho - Welton Felipe; Local - Estádio Parque do Sabiá, em Uberlândia (MG)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.