Cruzeiro faz mistério para duelo contra o Palmeiras

O técnico Adilson Batista faz mistério em relação à escalação do time do Cruzeiro que enfrenta o Palmeiras neste domingo, às 18h30, no estádio Palestra Itália, em São Paulo, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. O treinador celeste escondeu da imprensa a formação que mandará a campo.

EDUARDO KATTAH, Agencia Estado

14 de junho de 2009 | 08h28

Sem poder contar com o atacante Kléber, que cumpre suspensão automática, e mais preocupado com o jogo da volta contra o São Paulo, na próxima quinta-feira, pela Copa Libertadores, Adilson poderá poupar titulares. Para aumentar o suspense, ele testou durante a semana um esquema com três zagueiros, mas a tendência é que ele mantenha o time no tradicional 4-4-2.

O volante Fabrício, o meia Wagner e o lateral direito Jonathan devem ser preservados para a partida decisiva contra o São Paulo. Fabrício e Wagner sentiam dores musculares e poderão dar lugar a Elicarlos e Bernardo.

A volta do lateral esquerdo Sorín ao time titular deve ser a principal novidade no time celeste. Recuperado de uma lesão, o argentino não joga há mais de 30 dias. No ataque, Wanderley é o mais cotado para ocupar a vaga de Kléber.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato BrasileiroCruzeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.