Cruzeiro fica no empate com o URT

Único garantido nas semifinais do Campeonato Mineiro, o Cruzeiro ficou apenas no empate por 1 a 1, contra a URT, na tarde deste sábado, no Estádio Zama Maciel, em Patos de Minas (MG). Kelly abriu o placar para a Raposa e Sandro empatou. Apesar do empate suado, o resultado acabou beneficiando as duas equipes. Com o ponto ganho, o Cruzeiro praticamente assegurou a primeira colocação na fase classificatória, chegando aos 23 pontos. Já o time de Patos, que chegou aos 21 pontos, garantiu um das quatro vagas na fase decisiva do Estadual.A partida começou bastante equilibrada. Porém, por causa da forte marcação no meio, as duas equipes erravam muitos passes, o que dificultava a criação das jogadas ofensivas. Aproveitando o apoio de sua torcida, a URT tentava pressionar o Cruzeiro. Porém, foi a Raposa quem abriu o placar. Aos 22 minutos, o jovem armador Wagner roubou a bola de Vilmar, desceu pela direita e cruzou fechado para a área. Bem colocado, Kelly fez a antecipação e tocou para fazer 1 a 0.Apesar de ter ficado atrás no placar, a URT conseguiu equilibrar a partida e voltou a pressionar o Cruzeiro, explorando as jogadas de Adriano pelo setor direito de ataque. E em uma jogada que começou dos pés do próprio Adriano, o time de Patos conseguiu igualar o marcador. Aos 29 minutos, o atacante ganhou de Marcelo Batatais, foi à linha de fundo e cruzou para a área. O volante Sandro, que descia pelo meio, na corrida, apareceu para cabecear e empatar o jogo por 1 a 1.No segundo tempo, o ritmo da partida caiu bastante. Temendo o gol do adversário, as duas equipes passaram a jogar defensivamente. Afinal, o empate praticamente garantiria ao Cruzeiro à primeira colocação na primeira fase da competição. Já o URT, se somasse o ponto na partida, garantia-se entre os quatro finalistas do Estadual. Apesar da precaução, o time de Patos teve a chance desempatar a partida. Aos 29min, o volante Sandro se aproveitou da bobeira da defesa adversária e penetrou na área. Porém, na frente de Fábio, concluiu com imperfeição, facilitando a defesa do goleiro da Raposa que saiu do gramado comemorando o resultado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.