Cruzeiro garante vaga na final da Copinha em jogo de 9 gols

Numa partida repleta de emoções e gols, o Cruzeiro garantiu a classificação à final da Copa São Paulo de Juniores ao derrotar o São Bernardo por 5 a 4, na tarde desta terça-feira, no Estádio Nicolau Alayon, localizado na capital paulista. O destaque do confronto foi o atacante Jonathas, que marcou três gols para o time mineiro.Em busca do primeiro título da Copinha, o Cruzeiro enfrentará na decisão o São Paulo, que eliminou o Atlético-PR ao vencer a primeira semifinal do dia por 4 a 1. Há 11 anos um clube de Minas Gerais não chegava à final - o último havia sido o América, em 1996, quando sagrou-se campeão ao superar justamente o Cruzeiro.Já o time do Morumbi tenta chegar o tricampeonato do torneio - foi campeão em 1993 e 2000. A partida final acontece no Estádio do Pacaembu, às 10 horas da próxima quinta-feira, quando a cidade de São Paulo completará 453 anos.O jogoEmbalado pela goleada sobre o São José por 6 a 2, nas quartas-de-final, o Cruzeiro saiu na frente logo aos 4 minutos do primeiro tempo. Numa boa jogada individual de Anderson, o lateral passou por dois zagueiros, invadiu área e bateu no canto esquerdo do goleiro Tiago. A equipe do ABC chegou ao empate sete minutos depois, com o meia Rafinha, que tentou duas vezes para vencer o arqueiro Rafael.Mais disposto em campo, o time mineiro voltou a ficar à frente no placar aos 14, quando o atacante Jonathas completou de cabeça uma cobrança de escanteio. Aos 26, o Cruzeiro ampliou a vantagem. Numa falha generalizada da zaga do São Bernardo, Pablo cruzou da esquerda e Jonathas, livre, cabeceou no ângulo, sem chances para o camisa 1 do adversário.Depois do intervalo, a equipe paulista voltou disposta a reverter o resultado negativo e conseguiu descontar logo aos 2 minutos da etapa complementar. Numa boa tabela com David e Rafinha, o meia Daniel foi lançado na entrada da área e bateu cruzado para marcar.Mas o sistema defensivo do São Bernardo falhou novamente cinco minutos depois. Aproveitando uma saída de bola errada da zaga rival, o atacante cruzeirense Guilherme partiu sozinho na direita e rolou para o meio da área. Jonathas só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes para fazer o seu terceiro gol na partida. Momentos depois, Rafinha foi derrubado na área por Pablo e o juiz Vinicius Furlan marcou pênalti, que foi convertido pelo próprio camisa 10 do time do ABC.Conformado com o resultado, o Cruzeiro recuou e acabou sofrendo o empate aos 35. Em cobrança de falta, Renan alçou na área e Daniel mergulhou para completar de cabeça. Mas, na seqüência, os mineiros fizeram o gol da classificação. Guilherme invadiu a grande área e tocou de calcanhar para Márcio completar. O autor do nono tento do confronto recém havia entrado no lugar do artilheiro Jonathas.Ficha técnica:São Bernardo 4 x 5 CruzeiroSão Bernardo - Tiago; Rafael Silva, Danilo Baiano e Da Cunha; Renan, Emerson, Rafinha, Luís Ricardo (Daniel) e Fabinho (Washington); Tchuck e Róbson (Deivid). Técnico: Paulo Roberto Lilló.Cruzeiro - Rafael, Aldo, Maicon, Wellington e Anderson; Paulinho Dias, Pablo, Carlos Magno e Luiz Fernando (Marcos); Jonathas (Márcio) (Simões) e Guilherme. Técnico: Enderson Moreira.Gols - Anderson, aos 4, Rafinha, aos 11, Jonathas, aos 14 e aos 26 minutos do primeiro tempo; Daniel, aos 2, Jonathas, aos 7, Rafinha, aos 11, Daniel, aos 35min, e Márcio, aos 37 minutos do segundo tempo. Árbitro - Vinícius Furlan. Cartões amarelos - Carlos Magno, Pablo e Paulinho Dias; Da Cunha e Rafinha. Cartão vermelho - Pablo. Local - Estádio Nicolau Alayon, em São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.