Cruzeiro goleia Vasco com 3 gols de Deivid

O Cruzeiro se manteve na liderança isolada do Campeonato Brasilerio ao golear, nesta quarta-feira à noite o Vasco, por 4 a 1, no Mineirão, pela 19ª rodada. Com o resultado, o time mineiro chegou aos 40 pontos. Já o Vasco permanece em situação complicada, com 21 pontos. A partida marcou a estréia do técnico Mauro Galvão, que substituiu Antônio Lopes no comando da equipe carioca. A 12ª vitória do time de Vanderlei Luxemburgo no Brasileiro teve como protagonista o atacante Deivid, autor de três dos quatro gols. Diante de um Vasco retraído, o Cruzeiro não teve dificuldades para impor seu futebol e fez 2 a 0 em menos de 20 minutos. Deivid inaugurou o placar aos 10 minutos, depois de dominar na área adversária e chutar cruzado. Oito minutos depois, o meia Alex cobrou escanteio da esquerda e o zagueiro Edu Dracena, de cabeça, e muito à vontade, ampliou para o time mineiro. Na etapa final, o técnico vascaíno tentou dar novo ânimo ofensivo à sua equipe, trocando Cadu por Donizete. O Pantera teve a chance de descontar aos quatro minutos depois de uma bobeada do zagueiro Cris. Mas, em resposta ao novo ímpeto do time carioca, Deivid, aos seis minutos, fez o seu segundo gol na partida, o terceiro do Cruzeiro. Após um cruzamento do veterano armador Zinho, o artilheiro cabeceou para fazer o seu 14º gol no Brasileiro. O Vasco ainda descontou, cinco minutos depois, por meio do meio-campista Rodrigo Souto. No entanto, a noite era mesmo de Deivid, que alcançou Luís Fabiano do São Paulo na artilharia do campeonato, aos 23 minutos, novamente aproveitando, de cabeça, uma assistência de Zinho. O goleador comemorou ao final da partida a volta à ponta da artilharia. "Esse era o meu objetivo. Eu estava há três jogos sem marcar gols, mas fiz três."

Agencia Estado,

16 de julho de 2003 | 23h56

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.