Cruzeiro inicia trabalho de aclimatação em Sucre

O elenco do Cruzeiro desembarcou em Sucre nesta sexta-feira, onde a equipe vai realizar a etapa final de preparação para o duelo contra o Real Potosí, na próxima quarta, em Potosí, na Bolívia, pela fase preliminar da Libertadores. A capital constitucional da Bolívia tem 2.800 metros de altitude.

AE, Agencia Estado

22 de janeiro de 2010 | 16h41

Assim, a ideia da comissão técnica do Cruzeiro é começar a adaptar os jogadores ao principal temor da equipe para o duelo pela competição continental. Na Libertadores de 2008, a equipe sofreu com os quase 4 mil metros de altitude de Potosí e foi goleado por 5 a 1.

"É muito difícil a gente falar sobre isso, porque é muito individual essa reação que alguns atletas podem ter. Alguns podem sentir um pouco de dor de cabeça, náuseas, que são comuns. Esperamos que aos poucos eles se adaptem" disse o preparador físico José Mário Campeiz à Rádio Cruzeiro.

Ele avisou que não haverá mudanças drásticas na rotina dos treinamentos do time mineiro nos próximos dias. "As atividades serão idênticas às que fazemos lá no Brasil. A única atenção que teremos é com a quantidade. Serão atividades mais brandas, leves, sempre procurando utilizar a bola, para que eles se adaptem cada vez mais rápido", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolLibertadoresCruzeiroSucre

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.