Cruzeiro massacra o Atlético-MG e fica perto do título

Time do técnico Adílson Batista utiliza resultado para enfrentar o Boca Juniors, pela Libertadores

Leonardo Werner, Especial para O Estado de S. Paulo

27 de abril de 2008 | 19h06

Com uma goleada de 5 a 0 sobre o Atlético-MG, na primeira partida das finais do Campeonato Mineiro, neste domingo, o Cruzeiro praticamente sagrou-se campeão do torneio na tarde deste domingo. Por ter sido o primeiro colocado na fase de classificação, o time azul celeste jogava apenas por dois resultados iguais. Com o placar do jogo, o Atlético precisará vencer por 6 a 0 no próximo domingo, para conseguir erguer a taça. O massacre começou a ser delineado ainda no primeiro tempo, que terminou com o placar de 3 x 0 para o Cruzeiro. Embora o jogo tenha começado disputado, com marcação forte de lado a lado, os atleticanos tomaram um gol logo aos 12 minutos. Marcelo Moreno completou cobrança de falta de Wagner, aproveitando falha do goleiro Juninho, do Atlético.A abertura do placar pela equipe rival desestabilizou os alvinegros. Tanto que, sete minutos mais tarde, o segundo gol saiu, vítima de nova falha do Atlético - Jadilson cruzou e Marcos anotou um gol contra. Aos 38 minutos, o marcador foi novamente ampliado. Após lançamento de Wagner, Ramires dominou e tocou na saída do goleiro Juninho.O segundo tempo repetiu a tônica do primeiro, com grande superioridade do Cruzeiro. Apesar das tentativas de marcar, o Atlético conseguiu apenas ver mais dois gols do adversário. Aos 21 minutos, Guilherme concluiu jogada de Ramires, em falha da defesa atleticana, e anotou mais um tento para os azuis celestes. Nesse momento, a torcida do Atlético já começava a deixar o Mineirão. Antes do apito final, contudo, Wagner anotaria mais um gol e fecharia a goleada, praticamente definindo o vencedor do Campeonato Mineiro de 2008, de forma humilhante contra seu maior rival.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.