Cruzeiro minimiza vantagem de atuar após adversários

'Se eles tropeçarem e nós não fizermos nossa parte, não vai adiantar nada', disse Diego Renan

AE, Agência Estado

19 de novembro de 2010 | 14h17

O Cruzeiro enfrenta o Vasco às 19h30 deste domingo, após seus principais adversários pelo título, Corinthians e Fluminense, já terem enfrentado respectivamente Vitória e São Paulo. E, apesar de afirmar que buscará saber o resultado das duas partidas, o lateral-esquerdo Diego Renan minimizou a vantagem de atuar depois.

"Vamos querer saber o resultado, mas não vai interferir muito. Se eles tropeçarem e nós não fizermos nossa parte, não vai adiantar nada. Vamos para o jogo concentrados e com o pensamento de vencer", garantiu Diego Renan.

Pensamento semelhante tem o zagueiro Léo, que pediu para o Cruzeiro focar sua própria partida e esquecer os adversários. "Independentemente dos resultados, vamos preparados para fazer um bom jogo e conquistar a vitória. Sabemos que, se algum concorrente perder, nossa responsabilidade aumenta", avisou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.