Washington Alves / Cruzeiro
Washington Alves / Cruzeiro

Cruzeiro oficializa a renovação de contrato do meia Thiago Neves por dois anos

Após longa novela e possível saída, jogador firma novo contrato, válido até 2020

Redação, Estadao Conteudo

07 de janeiro de 2019 | 16h16

O Cruzeiro oficializou nesta segunda-feira a renovação de contrato do meia Thiago Neves. Após uma reunião na Toca da Raposa II, em Belo Horizonte, o jogador assinou um novo vínculo com o clube mineiro, que terá duração até o final da temporada de 2020, com possibilidade de prorrogação para 2021.

Desde o final do Campeonato Brasileiro, no início do mês passado, especulações davam conta de uma transferência de Thiago Neves para o Grêmio, que poderia ceder o atacante Luan. Nada disso se concretizou e na última quinta-feira, na reapresentação do elenco, o vice-presidente de futebol, Itair Machado, já havia anunciado a renovação do contrato, agora de forma oficial com a assinatura do meia.

Caso dispute 42 partidas nesta temporada, o vínculo de Thiago Neves será automaticamente renovado. "Sou muito feliz no Cruzeiro. Estou muito satisfeito com a renovação. Era o que todos nós queríamos. Obrigado, Nação Azul, pela força e incentivo que eu tenho recebido. Continuamos juntos em busca de todos os nossos objetivos", declarou o meia, em declarações reproduzidas no site oficial do clube mineiro.

Thiago Neves tem um currículo vitorioso no Cruzeiro. O meia, com 33 anos, chegou ao clube no início de 2017 e desde então atuou em 112 jogos e marcou 32 gols. Já foi bicampeão da Copa do Brasil, em 2017 e 2018, e campeão do Campeonato Mineiro também em 2018. Na última temporada foi artilheiro do time, ao lado de Arrascaeta, com 15 gols.

Pouco depois de assinar a renovação, Thiago Neves postou um vídeo com uma mensagem para a torcida. "Fala galera, o contrato acabei de renovar, coisa linda! Então, (agora é) treinar um treininho leve hoje (segunda-feira), tranquilo. Mas é isso aí. Muito obrigado pelo carinho. Tudo o que vocês queriam, eu queria também. Contrato novo, vamo que vamo!", afirmou em suas redes sociais.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.