Reuters
Reuters

Cruzeiro oficializa Caicedo e Diogo Barbosa e renova com Léo

Clube já começa a preparação para a próxima temporada

Estadão Conteúdo

12 de dezembro de 2016 | 08h35

O fim do Campeonato Brasileiro já movimenta o mercado de transferências. Após encerrar a sua participação no torneio nacional, o Cruzeiro anunciou a chegada de dois reforços para o sistema defensivo: o zagueiro equatoriano Luis Caicedo, que estava no Independiente del Valle, e o lateral-esquerdo Diogo Barbosa, que vinha defendendo o Botafogo.

Caicedo fez parte da histórica campanha que levou o Independiente del Valle até a final da Copa Libertadores deste ano, além de ser nome constante na lista de convocados da seleção do Equador. O jogador, de 24 anos, estava no clube equatoriano desde 2010. O Cruzeiro adquiriu 50% dos seus direitos econômicos e assinou um contrato por cinco anos.

Já Diogo Barbosa, de 24 anos, se destacou na boa participação do Botafogo no Campeonato Brasileiro. O lateral-esquerdo foi revelado pelo Vasco e passou por vários clubes do futebol nacional, entre eles Sport, Coritiba e Goiás. Ele assinou um contrato inicial de dois anos.

Na negociação para adquiri-lo, o Cruzeiro comprou 25% dos direitos econômicos juntos ao Coimbra, do interior mineiro, com opção para aquisição de outros 25% posteriormente. Ainda não há uma data prevista para a apresentação de Caicedo e Diogo Barbosa, que precisarão realizar exames médicos antes da oficialização dos vínculos.

Além dos reforços, a diretoria do Cruzeiro também anunciou a renovação do contrato do zagueiro Léo, que está no clube desde 2010. O novo vínculo é válido por duas temporadas. Bicampeão brasileiro (2013 e 2014) e mineiro (2011 e 2014), o jogador soma 219 partidas e 16 gols marcados com a camisa do time.

"Felicidade muito grande. Sempre trabalhamos e nos empenhamos ao máximo desde quando cheguei aqui. É uma satisfação muito grande vestir essa camisa, fico feliz com essa renovação. Uma alegria muito grande e um desejo de continuar vencendo, conquistar títulos e marcar meu nome na história do clube", afirmou o zagueiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.