Cruzeiro pede veto de árbitro do jogo contra o Atlético

A diretoria do Cruzeiro informou nesta segunda-feira que formalizará o pedido de veto ao árbitro Cleisson Veloso Pereira para jogos da equipe. O diretor Dimas Fonseca afirmou que o clube sentiu-se prejudicado pela atuação do juiz no clássico diante do Atlético-MG, no último domingo - derrota por 4 a 3.

AE, Agência Estado

14 de fevereiro de 2011 | 13h42

"Estarei na Federação Mineira de Futebol levando um documento por escrito e cópia dos lances que nos sentimos muitíssimo prejudicados. Foram lances capitais, que definiram o resultado final do jogo. Estou inclusive, apresentando um documento, impugnando a participação desse árbitro (Cleisson Veloso Pereira) em qualquer jogo do Cruzeiro, não somente na categoria profissional, mas em qualquer categoria, não queremos o Cleisson trabalhando em nenhuma categoria, seja do pré-infantil ao profissional", declarou Dimas.

As principais reclamações cruzeirenses são em relação ao primeiro gol atleticano, ocorrido após o árbitro marcar pênalti em Werley, que teria sido agarrado pelo zagueiro Léo, e em relação a um suposto pênalti não marcado sobre o meia Roger.

"Entendemos como dois lances de penalidade, a que ele deu no lance do Léo, quando os dois jogadores se agarravam. O árbitro chegou a chamar a atenção antes da jogada, mas aí fica nossa preocupação. Chamar atenção porque? Para caracterizar que ele daria o pênalti? E o lance do Roger, que nós entendemos que foi pênalti claro e ele não deu", concluiu o diretor.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.