Cruzeiro pensa no Boa antes da decisão na Libertadores

Atual campeão brasileiro, o Cruzeiro está em situação complicada no Grupo 5 da Libertadores, correndo risco de eliminação precoce. Mas, antes de voltar a jogar na semana que vem pela competição continental, tem que encarar o Boa neste domingo pela semifinal do Campeonato Mineiro. E o discurso dos jogadores é pensar em um desafio de cada vez.

AE, Agência Estado

27 de março de 2014 | 13h53

O Cruzeiro abriu uma boa vantagem no confronto com o Boa, ao vencer o jogo de ida em Varginha por 1 a 0. Agora, decide a vaga neste domingo no Mineirão. Na Libertadores, em que ocupa apenas a terceira posição do grupo com quatro pontos, o time volta a jogar na quinta-feira, pela penúltima rodada, quando vai a Santiago para enfrentar a Universidad de Chile, líder com nove pontos - a segunda posição é do Defensor, com sete.

"Quanto mais jogos bons a gente fizer, mais a confiança aumenta. Eu, particularmente, estou pensando agora no Boa, que é uma semifinal importantíssima. Mas a gente sabe que, ganhando essa partida, a nossa moral vai ficar mais elevada e vamos chegar na quinta com um futebol mais encaixado. Então, é fazer um bom jogo contra o Boa para chegar bem para o jogo contra a Universidad de Chile", afirmou o meia Everton Ribeiro, um dos destaques do Cruzeiro.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCruzeiroCampeonato Mineiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.