Douglas Magno/AFP
Douglas Magno/AFP

Cruzeiro perde para o Flamengo, mas avança às quartas da Libertadores

Triunfo mineiro por 2 a 0 no Maracanã garante time celeste na próxima fase da competição

Estadão Conteúdo

29 Agosto 2018 | 23h46

O Cruzeiro perdeu para o Flamengo por 1 a 0 nesta quarta-feira, no Mineirão, mas garantiu vaga para as quartas de final da Libertadores por causa da vitória por 2 a 0 no jogo de ida, no Maracanã.

As equipes fizeram um duelo bastante equilibrado e o time rubro-negro conseguiu o gol com Léo Duarte, no segundo tempo. A equipe mineira, no entanto, segurou a pressão adversária nos minutos finais e garantiu a classificação.

O Cruzeiro agora aguarda pelo vencedor do confronto entre Boca Juniors e Libertad. O time argentino venceu o primeiro jogo em casa por 2 a 0 e visitará a equipe paraguaia nesta quinta-feira, às 19h30 (de Brasília). Pelo Campeonato Brasileiro, o time mineiro volta a campo no domingo, às 19h, para enfrentar o Internacional, no Mineirão. O Flamengo jogará no mesmo dia, mas às 11h, contra o Ceará, no Maracanã.

O Flamengo precisava do resultado e o técnico Maurício Barbieri optou por uma formação do ataque sem um centroavante. Marlos Moreno ganhou a posição de Henrique Dourado e o setor ofensivo foi completado por Vitinho, Éverton Ribeiro, Diego e Lucas Paquetá, que chegava um pouco mais de trás.

No entanto, quem começou melhor foi o time da casa, que demonstrava estar mais tranquilo em campo. Também conseguia ter mais posse de bola e criou a primeira ótima chance. Diego perdeu a bola para Arrascaeta na intermediária. O uruguaio tabelou com Robinho, que invadiu a área pela direita e rolou para Barcos. O centroavante, livre na pequena área, mandou para fora.

O Flamengo respondeu em chute de Diego de fora da área, que Fábio mandou para escanteio. O árbitro, no entanto, parou a jogada porque Paquetá estava impedido. Na sequência Diego tocou para Éverton Ribeiro, que também bateu para fora.

FLAMENGO MARCA, MAS NÃO ELIMINA O CRUZEIRO

No segundo tempo, o time rubro-negro tentou esboçar uma pressão no início. Marlos perdeu boa chance nos primeiros minutos. O Cruzeiro recuou um pouco, mas aos poucos voltou a ganhar campo e equilibrou novamente a partida.

A equipe anfitriã ainda teve excelente oportunidade de tirar o zero do placar. Barcos salvou uma bola que sairia pela direita e mandou para a área. Thiago Neves apareceu na segunda trave e chutou à queima roupa para defesa de Diego Alves.

O Flamengo então conseguiu diminuir a vantagem no confronto aos 24 minutos. Após cobrança de escanteio, Dedé desviou. A bola foi para a segunda trave, Éverton Ribeiro mandou de volta para o meio da área e o zagueiro Léo Duarte desviou de cabeça para as redes.

O Cruzeiro não se intimidou com o gol. O duelo se manteve equilibrado. O Flamengo tentava pressionar e a equipe anfitriã tentava resolver no contra-ataque. A equipe rubro-negra, no desespero, passou a jogar as bolas para a área, mas os anfitriões souberam segurar o resultado e garantiram a classificação.

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 0 X 1 FLAMENGO

CRUZEIRO - Fábio; Lucas Romero (Edílson), Dedé, Léo e Egídio; Henrique, Lucas Silva, Robinho (Rafinha), Thiago Neves e Arrascaeta; Barcos (Raniel). Técnico: Mano Menezes.

FLAMENGO - Diego Alves; Rodinei, Léo Duarte, Réver e Renê (Geuvânio); Cuellar (Lincoln), Lucas Paquetá e Diego; Éverton Ribeiro, Vitinho (Henrique Dourado) e Marlos. Técnico: Maurício Barbieri.

GOLS - Léo Duarte, aos 24 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Andres Cunha (URU)

CARTÕES AMARELOS - Rafinha, Thiago Neves e Raniel (Cruzeiro); Renê, Léo Duarte e Rodinei (Flamengo).

PÚBLICO E RENDA - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.