Cruzeiro perde pênalti e empata com Coritiba em casa

Cruzeiro e Coritiba empataram por 1 a 1, neste domingo, no Mineirão, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time mineiro, que cedeu o empate no final após o atacante Guilherme perder um pênalti, não conseguiu se reabilitar de duas derrotas consecutivas na competição - para Botafogo e Santos - e completou três rodadas sem vitória.Veja também: Classificação Resultados / Classificação Acompanhe outros detalhes da rodada no Território EldoradoDê seu palpite no Bolão Vip do LimãoA equipe mineira permanece em terceiro lugar na tabela de classificação, com 40 pontos, agora três distante do segundo colocado, o Palmeiras, e oito atrás do líder Grêmio. Com o empate, o Coritiba soma agora 37 pontos e continua na briga por uma vaga no G-4.O Cruzeiro inaugurou o marcador logo no início do primeiro tempo. Aos quatro minutos, o zagueiro Espinoza aproveitou a sobra de bola após cobrança de falta e concluiu na pequena área: 1 a 0.Na etapa final, o time paranaense aproveitou o espaço deixado pela marcação celeste e pressionou em busca do empate. O meia Carlinhos Paraíba teve a chance de empatar, mas, de frente para o goleiro Fábio, chutou para fora. O Coritiba dominava as ações ofensivas, mas era pouco eficaz nas conclusões.Nos minutos finais, o Cruzeiro conseguiu se acertar em campo e passou a explorar os contra-ataques, proporcionados pelo desespero do adversário. Aos 41 minutos, o time mineiro só não ampliou porque o goleiro Wanderley defendeu o pênalti cobrado pelo atacante Guilherme.Mas a equipe do Paraná não desistiu do gol de empate e o castigo para o time celeste veio aos 44 minutos. Oportunista, Thiago Silvy - que substituiu Rodrigo Heffner - desviou uma bola cruzada na pequena área, igualando o placar. O resultado revoltou a torcida cruzeirense, que hostilizou o técnico Adilson Batista. Para o volante Fabrício, o pênalti perdido motivou o time adversário. "E deu esse medo na gente. Acabamos levando o gol", disse.Já o treinador cruzeirense admitiu o bom desempenho do adversário no Mineirão. "O Coritiba foi superior, parecia que estava jogando no Couto Pereira", afirmou Adilson Batista.Cruzeiro 1 x 1 CoritibaCruzeiro - Fábio; Jonathan, Espinoza, Thiago Heleno e Jadílson (Fernandinho), Fabrício, Henrique, Ramires e Wagner (Jajá); Guilherme e Weldon (Elicarlos). Técnico: Adilson Batista.Coritiba - Wanderley; Maurício, Thiago Bernardi e Rodrigo Mancha; Rodrigo Heffner (Thiago Silvy), Alê, Carlinhos Paraíba (Marcos Tamandaré), João Henrique (Hugo) e Ricardinho; Marlos e Keirrison. Técnico: Dorival Júnior.Gols - Espinoza, aos 4 minutos do primeiro tempo; Thiago Silvy, aos 44 minutos do segundo tempo.Árbitro - Sálvio Spínola (SP).Cartões amarelos - Henrique, Fabrício, Carlinhos Paraíba, Guilherme e Thiago Heleno. Cartão vermelho - Alê. Renda - R$ 159.085,50.Público - 12.975 pagantes.Estádio - Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.