Cruzeiro quer fazer o "dever de casa"

O Cruzeiro recebe o Vitória neste domingo, às 16h, no Mineirão, com uma ordem: fazer o "dever de casa". Após a vitória sobre o Corinthians, na última rodada - a quarta consecutiva no Campeonato Brasileiro -, que consolidou a liderança isolada do time celeste na competição (64 pontos), o técnico Vanderlei Luxemburgo procurou afastar qualquer clima de euforia na Toca da Raposa. Para chegar ao título, o treinador destacou que, nas 14 rodadas que restam, a equipe mineira precisa manter o retrospecto bastante favorável em Belo Horizonte. "Temos a obrigação de vencer em casa", disse. "Precisamos fazer o dever de casa para continuarmos na liderança.Temos de entrar para jogar uma decisão", reforçou o atacante colombiano Aristizábal, que irá reencontrar o ex-clube, que no primeiro turno quebrou uma invencibilidade de 36 jogos do time mineiro.Outro que fez questão de rechaçar qualquer sentimento de "já ganhou" foi o zagueiro Cris. "Não tem nada ganho ainda. Estamos no caminho, não podemos escorregar".Luxemburgo não adiantou o time que começa jogando. Confirmou apenas que Maicon será o substituto do lateral-direito Maurinho, que recebeu o terceiro cartão amarelo no último jogo e cumpre suspensão automática. No meio-campo, a dúvida é entre Zinho e Wendell. No ataque, Mota e Márcio brigam por uma vaga.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.