Cruzeiro quer vencer em Belém e em BH

Embalado pela vitória no clássico contra o Atlérico-MG, o Cruzeiro volta a enfrentar o Paysandu, nesta quarta-feira, às 21h50, em Belém, pelo Campeonato Brasileiro, tentando repetir o triunfo (2 a 1) conquistado no dia 16 de julho. O jogo anterior foi anulado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pelo fato de ter sido apitado pelo árbitro Edílson Pereira de Carvalho. O escândalo batizado de ?Máfia do Apito? obrigará Cruzeiro e Paysandu a disputarem duas partidas seguidas. Os dois times voltam a campo no próximo sábado, no Mineirão, desta vez pela 33ª rodada do Brasileirão. O time mineiro ocupa a nona colocação na tabela de classificação, com 45 pontos, e ainda sonha com uma vaga na Libertadores do ano que vem. A principal dúvida do técnico Paulo César Gusmão é em relação ao aproveitamento do atacante Alecsandro, que no último jogo sofreu uma lesão no pé esquerdo. O atleta viajou com a delegação para a capital do Pará, mas foi poupado do treino desta terça e será reavaliado nesta quarta. As opções para o lugar de Alecsandro são Wando, Weldon e Daniel Morais. Como cumpriu suspensão na partida realizada em julho, o zagueiro Marcelo Batatais não poderá atuar e deverá ser substituído por Argel. Por outro lado, os armadores Adriano e Kelly poderão jogar normalmente, embora tenham recebido o terceiro cartão amarelo no último domingo. O volante Maldonado foi poupado e sua vaga deverá ser ocupada por Diogo.

Agencia Estado,

18 de outubro de 2005 | 19h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.