Bruno Haddad/Cruzeiro
Bruno Haddad/Cruzeiro

Cruzeiro quer triunfo sobre lanterna para reagir no Brasileirão

Equipe de Mano Menezes perdeu de forma inesperada na última rodada para o Ceará por 2 a 0, no Mineirão

Estadão Conteúdo

27 Outubro 2018 | 07h54

Depois da inesperada derrota por 2 a 0 para o Ceará, no Mineirão, o Cruzeiro quer reagir neste sábado, às 21 horas, no Brasileirão. E, para tanto, nada melhor do que encarar o lanterna Paraná, novamente diante de sua torcida, pela 31ª rodada.

"É o que tenho falado para todos: não adianta ficar rodando os jogadores e a gente perdendo jogos. É preciso ver o que é melhor também para o clube. E o melhor são as vitórias", afirma o técnico Mano Menezes, que não quer ver o seu time vivendo somente das glórias do título da Copa do Brasil.

Para o jogo deste sábado, o treinador deve fazer mudanças na equipe. O meia Thiago Neves, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, já era baixa certa, como também os meias Robinho, sentindo a panturrilha direita, e Rafinha, com dores na panturrilha esquerda. Além disso, o volante Henrique nem participou do treino desta sexta na Toca da Raposa II e também deve ficar de fora.

Mas o elenco do time mineiro é numeroso e de qualidade. Mancuello deve ser o volante e Rafael Sóbis, o meia. Poupados no último jogo, vão voltar o zagueiro Dedé, o meia Arrascaeta e o atacante Fred, que ficou seis meses afastado por causa de uma cirurgia no ligamento cruzado do joelho direito. "Ele precisa de ritmo de jogo, por isso, vai começar jogando. E vai jogar até quando a gente ver que não dá mais", confirma Mano.

Com este time forte, o Cruzeiro vai tentar quebrar um jejum de 15 anos sem vitória sobre o Paraná. Daí espera ir além dos 40 pontos e passar a incomodar o sexto colocado, o rival Atlético-MG.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.