Cruzeiro rebate cobrança de Scolari

A diretoria do Cruzeiro respondeu nesta terça-feira às declarações dadas no dia anterior pelo técnico Luiz Felipe Scolari, que, irritado, cobrou a contratação de um lateral-direito experiente para compor a equipe na Taça Libertadores da América. Segundo o vice-presidente do clube, Alvimar Perrella, o Cruzeiro e a HMTF, parceria dos mineiros na gestão do futebol, fizeram praticamente tudo o que o treinador pediu."Os cinco contratados para esta temporada (o goleiro Bosco, os meias Jorge Wagner e Marcus Vinícius, o lateral Luisinho Netto e o atacante Adriano) foram indicados por ele", disse. "Acho que o clube fez a sua parte", acrescentou.De acordo com Perrella, o Cruzeiro tentou trazer Arce ou Rogério, recomendados por Scolari para a lateral direita, mas não houve sucesso nas negociações por problemas financeiros, no caso do lateral paraguaio, ou por relutância do dono do passe, no caso do corinthiano."Trouxemos então o Luisinho Netto, que ele pediu, e houve um problema de contusão que está atrasando a estréia do jogador, mas acreditamos que isso vá ser superado", disse.O dirigente explicou ainda que o orçamento do clube, depois das cinco contratações, ficou limitado, já que a HTMF "perdeu R$ 20 milhões com o Cruzeiro, no ano passado", e não quer correr riscos de novo prejuízo nesta temporada."Ninguém gosta de perder tanto dinheiro investindo em futebol", afirmou. Mesmo assim, Perrella lembrou que "o Cruzeiro está de prontidão"e que, caso Scolari indique um jogador "compatível com o orçamento", ele será contratado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.