Cruzeiro reclama de arbitragem em derrota para Botafogo

Os jogadores do Cruzeiro reclamaram muito da arbitragem de Giulliano Bozzano depois da derrota por 1 a 0 para o Botafogo, na noite de quarta-feira, no Engenhão. Para os atletas, o juiz interferiu diretamente no resultado, ao marcar um pênalti polêmico que deu a vitória aos cariocas."Não pode dar um pênalti daquele e uma falta perto da área, perigosa, em que não aconteceu nada. Agora temos que reverter isso aí dentro de campo", disse Thiago Heleno, que estava envolvido na jogada em que Bozzano marcou a penalidade.O zagueiro Thiago Martinelli elogiou o adversário, mas não poupou o árbitro do Distrito Federal. Fico chateado pela maneira que foi. Saímos derrotados, e não tiro o mérito do Botafogo, que teve algumas oportunidades. Mas no lance do pênalti, o jogador nem tocou na bola e já foi se jogando. O Thiago Heleno só parou atrás dele. É uma pena, perdemos por alguns erros da arbitragem."As reclamações do goleiro Fábio foram além da marcação do pênalti, que terminou em gol de Lúcio Flávio. Para o jogador, faltou critério disciplinar ao árbitro. "É só contra a gente. Infelizmente a gente entra no jogo para buscar um bom resultado e tem que ''jogar contra o árbitro'', interpretando todas as faltas para o Botafogo", disse.O resultado deixou o Cruzeiro com 39 pontos, na vice-liderança do Campeonato Brasileiro. O Botafogo, com seis vitórias seguidas, é o terceiro colocado, com 37.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.