Cruzeiro/Divulgação
Cruzeiro/Divulgação

Cruzeiro renova com Marcelo Oliveira até o fim de 2015

Técnico tem duas conquistas do Brasileirão desde chegada ao clube, no início de 2013; já são 137 partidas no comando da equipe

Estadão Conteúdo

03 de dezembro de 2014 | 18h17

A vitoriosa parceria entre Cruzeiro e Marcelo Oliveira continuará em vigor por pelo menos mais um ano. Na tarde desta quarta-feira, a diretoria do clube anunciou que chegou a um acordo para renovar o vínculo do treinador, atual bicampeão brasileiro com o time mineiro, até o fim de 2015.

"O presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares, e o diretor de futebol, Alexandre Mattos, se reuniram no começo da tarde desta quarta-feira com o técnico Marcelo Oliveira para acertar a renovação de contrato do treinador. O encontro aconteceu na sede administrativa do clube, e como já era esperado, o técnico bicampeão brasileiro acertou sua permanência no Cruzeiro Esporte Clube", diz a nota no site do clube.

Se completar o novo contrato, Marcelo fará três anos de Cruzeiro. Ele foi contratado em dezembro de 2012 e desde então alçou o time mineiro a um novo nível no cenário nacional. Se em 2011 havia brigado para não cair e em 2012 ficou no meio da tabela, em 2013 e 2014, com o elenco renovado e apostando em nomes não tão badalados, conquistou o título brasileiro. Na atual temporada, levou ainda o Campeonato Mineiro e foi vice da Copa do Brasil.

No total, são 137 partidas com esta parceria, com 92 vitórias, 24 empates e apenas 22 derrotas. Além de Marcelo Oliveira, o Cruzeiro renovou com os assistentes Tico do Santos e Ageu Gonçalves e o preparador físico Juvenilson de Souza.

Marcelo Oliveira chegou ao Cruzeiro depois de uma rápida passagem pelo Vasco. Antes, havia se destacado no comando do Coritiba, chegando duas vezes na final da Copa do Brasil, em 2011 e 2012, mas ficando com o vice em ambas - perdeu, respectivamente, para Vasco e Palmeiras. Quando seu nome foi especulado pela diretoria cruzeirense, encontrou certa resistência de início, por conta de seu passado bastante ligado ao Atlético-MG. Mas a aposta se mostrou certeira e Marcelo transformou o Cruzeiro no time a ser batido no futebol brasileiro atualmente.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCruzeiroMarcelo Oliveira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.