Cruzeiro repete escalação para segurar a liderança

O Cruzeiro pretende se aproveitar da má fase do Fluminense, que levou à queda do técnico Abel Braga - já substituído por Vanderlei Luxemburgo -, para tentar conseguir três pontos fora de casa e se firmar na liderança do Brasileirão. Os dois times se enfrentam nesta quarta-feira, a partir das 19h30, no Maracanã, pela 10ª rodada da competição.

MARCELO PORTELA, Agência Estado

31 de julho de 2013 | 07h29

O técnico Marcelo Oliveira confirmou que, para alcançar o objetivo, pretende acionar pela terceira vez seguida o mesmo time. Assim, manteve a escalação que goleou por 4 a 1 o arquirrival Atlético-MG no domingo e impôs uma derrota por 3 a 0 ao São Paulo em pleno Morumbi no jogo anterior.

Segundo Marcelo Oliveira, a escalação será mantida "pelo rendimento, pelas vitórias e pelo comportamento e a produção também", pois o time não perde há seis rodadas. A única dúvida para o jogo desta quarta-feira era a presença do lateral Mayke, que levou uma pancada na canela no clássico do fim de semana, mas já se recuperou e treinou normalmente com o restante do grupo.

Apesar da situação do Fluminense, que chega para o jogo após cinco derrotas e dentro da zona de rebaixamento, o goleiro Fábio espera um confronto duro. "A gente vai encontrar muitas dificuldades, porque os jogadores vão querer cada vez mais sair dessa situação incômoda", avaliou o titular cruzeirense. "Quem entrar vai querer mostrar serviço para não sair da equipe", concordou o atacante Luan, referindo-se às possíveis mudanças que Luxemburgo faça no time carioca.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoCruzeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.