Rosiron Rodrigues / Goiás
Rosiron Rodrigues / Goiás

Cruzeiro sai na frente, sofre gol na sequência e empata com o Goiás pela Série B

Thiago abre o placar aos 17 minutos do segundo tempo, mas Elvis deixa tudo igual aos 19

Redação, Estadão Conteúdo

07 de setembro de 2021 | 23h56

O Cruzeiro visitou o Goiás na noite desta terça-feira e empatou por 1 a 1, no Serrinha, em Goiânia (GO), pelo encerramento da 22.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Os mineiros abriram o placar com Thiago, mas levaram o empate dois minutos depois com gol anotado por Elvis.

Este foi o sétimo jogo sem derrota do Cruzeiro, que coincide com a chegada do técnico Vanderlei Luxemburgo. O time assumiu a 14.ª posição, com 26 pontos, abrindo três pontos de vantagem para o Vitória, primeiro time na zona de rebaixamento. Já o Goiás perdeu a vice-liderança para o CRB, caindo agora para o terceiro lugar, com 39 pontos. Tem um ponto a menos que o time alagoano e uma na frente do Botafogo.

Um primeiro tempo bem fraco tecnicamente e sem muitas oportunidades de gol. A dupla preferiu apostar na forte marcação antes de pressionar pelo primeiro gol, tornando o confronto truncado e com muitos passes errados.

O Cruzeiro perdeu Bruno José logo aos 19 minutos, por dores na perna direita. Com isso, viu o setor ofensivo ficar fragilizado para passar pela marcação do Goiás. Tanto é que o time mineiro finalizou quatro vezes, mas nenhuma em direção ao gol.

A melhor oportunidade de gol foi do Goiás e aconteceu apenas aos 35 minutos. Após cruzamento da direita, a bola sobrou para Alef Manga, que chutou forte, rente ao travessão do goleiro Fábio.

No segundo tempo, o confronto seguiu muito truncado e com os dois times tendo dificuldades de entrar na área adversária, porém, os dois times resolveram chutar mais ao gol.

Aos 17 minutos, Wellington Nem lançou Thiago e o atacante finalizou na saída do goleiro Tadeu para abrir o placar para o Cruzeiro. Mas os mineiros não conseguiram comemorar por muito tempo, pois aos 19 minutos, Elvis recebeu na entrada da área e finalizou no canto esquerdo, sem chances de defesa para Fábio.

Os dois gols tornaram o confronto um pouco mais movimentado, mas ainda sem criação e muitos erros de passe. Na reta final, o Cruzeiro quase encontrou o segundo gol. Aos 46 minutos, Claudinho recebeu na área, finalizou em cima do adversário e na sobra Thiago, sem marcação, mandou para fora, desperdiçando a chance de desempatar.

O Goiás volta a campo no sábado para enfrentar o CRB, às 21 horas, no Rei Pelé, em Maceió (AL). Enquanto o Cruzeiro, no mesmo dia, mas às 11 horas, receberá a Ponte Preta, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG).

FICHA TÉCNICA:

GOIÁS 1 x 1 CRUZEIRO

GOIÁS - Tadeu; Apodi, David Duarte, Reynaldo e Artur; Rezende (Daniel Oliveira), Caio (Felipe Bastos) e Elvis; Dieguinho, Nicolas e Alef Manga (Dadá Belmonte). Técnico: Marcelo Cabo.

CRUZEIRO - Fábio; Raúl Cáceres, Ramon, Eduardo Brock e Matheus Pereira; Adriano, Rômulo e Giovanni (Claudinho); Bruno José (Marcinho depois Felipe Augusto), Rafael Sóbis (Thiago) e Wellington Nem. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

GOLS - Thiago, aos 17, e Elvis, aos 19 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Apodi, Artur e Dieguinho (Goiás); Adriano (Cruzeiro).

ÁRBITRO - Jean Pierre Gonçalves Lima (RS).

LOCAL - Estádio da Serrinha, em Goiânia (GO).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.