Cruzeiro se apoia na história para ver-se perto do título

Equipe busca melhor aproveitamento da história do primeiro turno; grandes 'revertérios' aconteceram apenas duas vezes

O Estado de S. Paulo

25 de agosto de 2014 | 12h05

Ao vencer o Goiás, neste domingo, no Serra Dourada, o Cruzeiro se tornou a primeira equipe a conquistar o título simbólico de 'campeão' do primeiro turno do Brasileirão com duas rodadas de antecedência. Quem termina a primeira parte do campeonato na liderança não tem direito a taça alguma, porém, a história mostra que é um grande passo rumo ao título nacional.

Não é à toa que o torcedor do Cruzeiro vem demonstrando otimismo. Além do bom futebol dentro de campo, ele pode se apoiar nas estatísticas. Já foram realizadas 11 edições do Campeonato Brasileiro por pontos corridos e, em 8 delas, o líder do primeiro turno se sagrou campeão.

A receita para quem lidera é simples: manter a regularidade. Nos casos em que o 'campeão' do primeiro turno perdeu o título, houve quedas bruscas de rendimento. Em 2008, o Grêmio somou 41 pontos na primeira metade do campeonato e apenas 31 na segunda, vendo o São Paulo, então 4.º colocado,  passar à frente nas últimas rodadas após ótima campanha no segundo turno. Já em 2012, o Atlético-MG terminou a 19.ª rodada só um ponto à frente do Fluminense, mas fez apenas a 6.ª melhor campanha depois disso e viu os cariocas dispararem rumo ao título.

O caso mais destacado aconteceu em 2009. Na 19.ª rodada, o Inter era líder com 37 pontos, dez à frente do Flamengo, décimo colocado. Porém, na segunda metade do campeonato, o Flamengo protagonizou uma arrancada histórica, somando 40 pontos e ultrapassando todos os que brigavam na parte de cima da tabela. O Rubro-negro faturou o título na última rodada.

A história prova que vencer o primeiro turno é um passo largo rumo ao título brasileiro, mas também indica que a regularidade é o caminho. O Cruzeiro, time a ser batido no campeonato, já foi protagonista em 2003 e 2013 e sabe que, como nos outros casos, a manutenção do bom aproveitamento basta para levantar o tetra. O time mineiro ainda enfrenta Chapecoense e Fluminense e pode se consolidar como a equipe de melhor aproveitamento no primeiro turno da história dos pontos corridos.

Tudo o que sabemos sobre:
BrasileirãoCruzeirofutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.