Cruzeiro sofre, mas passa pelo Veranópolis em Minas

Com bastante dificuldade, o Cruzeiro assegurou passagem para a segunda fase da Copa do Brasil na noite desta quinta-feira ao vencer o Veranópolis-RS, por 1 a 0, no Mineirão. O time mineiro, que luta pelo quinto título da competição, precisava de uma vitória no tempo normal para garantir a classificação, já que o primeiro confronto, na cidade gaúcha, terminou empatado sem gols.Com um jogador a menos na maior parte do jogo, devido à expulsão do lateral Fábio Santos, o Cruzeiro sofreu para segurar o resultado positivo. O volante Ricardinho fez o seu primeiro gol desde que retornou ao Cruzeiro e terminou como o destaque da partida no time. Na próxima fase, o Cruzeiro enfrentará a Portuguesa, que eliminou o Serc, do Mato Grosso do Sul.No primeiro tempo, determinado, o Veranópolis segurou o ímpeto inicial cruzeirense e levou perigo nos contra-ataques. O time do Sul, porém, se animou com a expulsão de Fábio Santos, aos 26 minutos. O jogo começava a ficar dramático para a equipe da casa, mas Ricardinho, aos 29 minutos, chutou rasteiro, de fora da área, no canto direito de Gilmar: 1 a 0. Com dez atletas em campo, na etapa final, o Cruzeiro passou a jogar no erro do adversário, que foi para o ataque em busca do gol de empate, suficiente para lhe garantir a classificação. Apesar da pressão nos minutos finais, o Veranópolis não conseguiu reverter o placar negativo e se despediu da Copa do Brasil. ?O nosso time lutou do começo ao fim, mas com um jogador a menos é muito difícil. O importante é a vitória que nos dá moral?, disse Ricardinho, ao final do jogo. O técnico cruzeirense Paulo Autuori elogiou o espírito de luta de sua equipe, observando que classificação ?suada é que é bom?. ?Não tivemos a tranqüilidade para fazer os gols. Quem imaginava que viríamos aqui e tomaríamos uma goleada se enganou?, comentou o técnico Édson Porto, do Veranópolis.Ficha técnica:Cruzeiro 1 x 0 Veranópolis-RSCruzeiro: Fábio; Gabriel, André Luís, Luizão e Fábio Santos; Renan, Ricardinho, Geovanni (Thiago Heleno) e Marcinho (Kerlon); Araújo e Rômulo (Sandro). Técnico: Paulo Autuori.Veranópolis-RS: Gilmar; Adams, Jesum, Emerson e Menegon (Paulo Henrique); Marcos Alexandre, Coracini, Tácio (Michel Platini) e Gleidson; Vítor Hugo e Dinei (Magno). Técnico: Édson Porto.Gol: Ricardinho, aos 29 minutos do primeiro tempo. Árbitro: Sérgio da Silva Carvalho (DF). Cartões amarelos: Adans, Emerson, Coracini, Ricardinho, Marcos Alexandre, Rômulo e Magno. Cartão vermelho: Fábio Santos. Público: 11.072 pagantes. Renda: R$ 127.377,50. Local: Mineirão, em Belo Horizonte.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.