Denilton Dias/Divulgação
Denilton Dias/Divulgação

Cruzeiro sofre, mas vira e vence Caldense no Mineirão

Time só vence graças a gol de Ricardo Goulart aos 37 minutos da etapa complementar

AE, Agência Estado

24 de março de 2013 | 18h25

O Cruzeiro sofreu para manter a sua invencibilidade no novo Mineirão. Neste domingo, a equipe celeste saiu atrás da Caldense e só conseguiu a virada, para vencer por 2 a 1, graças a um gol de Ricardo Goulart aos 37 minutos da segunda etapa. Desta vez o estádio não recebeu grande público: cerca de 17 mil pagantes.

Com o resultado, o Cruzeiro manteve a liderança isolada do Campeonato Mineiro, com 19 pontos em sete rodadas, mantendo para trás o Atlético-MG, que soma 15 e logo mais entra em campo contra o Nacional, em Patos de Minas.

O placar no Mineirão foi aberto graças a um erro de Paulão. O zagueiro foi dar um chutão e fez falta em Chimba. Nena bateu o pênalti e fez 1 a 0, colocando o Cruzeiro em desvantagem pela primeira vez no estadual.

A virada só veio quando Marcelo Oliveira tirou Paulão e colocou em campo Ricardo Goulart, recuando Leandro Guerreiro para a zaga e adiantando o time. Aos 29, Dagoberto sofreu pênalti e ele mesmo converteu. Aos 37, Élber cruzou para Goulart fazer o segundo, de cabeça.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCruzeiroCampeonato Mineiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.