Cruzeiro tenta se redimir para torcida

Em plena ressaca por conta da perda do título do Campeonato Mineiro para o Ipatinga, o Cruzeiro enfrenta nesta quarta-feira o Santa Cruz, às 21h45, no Mineirão, pela partida de ida das oitavas-de-final da Copa do Brasil. Na Toca da Raposa, o jogo é considerado a melhor oportunidade para a equipe celeste se redimir diante de sua torcida. A derrota em casa, por 2 a 1, para o time do Vale do Aço, no último domingo, deixou abatido o grupo estrelado. "A cobrança será quintuplicada daqui para frente. Mas o grupo terá de mostrar maturidade e buscar motivação", observou o atacante Fred, que terminou como artilheiro da competição estadual, com 13 gol, e também lidera a artilharia da Copa do Brasil, tendo já marcado seis vezes. Mas o técnico Levir Culpi tem problemas para definir o time que inicia a partida. O zagueiro Edu Dracena, lesionado, não joga e deverá ser substituído por Gladstone. Outro desfalque é o meia Lopes, que não foi inscrito na Copa do Brasil. No seu lugar, Levir poderá optar por promover a estréia do atacante Weldon. "Venho treinando há um mês e meio e a ansiedade para jogar é grande. Ainda não estou com 100% de minhas condições e, talvez, ainda não agüente atuar durante os 90 minutos. Mesmo assim, estou à disposição do treinador", comentou Weldon. Para compensar os dois desfalques, o treinador cruzeirense poderá contar com o retorno do volante Fábio Santos, que cumpriu suspensão automática na última partida.

Agencia Estado,

20 Abril 2005 | 09h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.