Vinnicius Silva/Cruzeiro
Vinnicius Silva/Cruzeiro

Cruzeiro treina sem Dodô e Thiago Neves e pode ter três volantes contra o Vasco

Tendência é que Adilson Batista barre o atacante, que está envolvido em polêmicas nos últimos jogos

Redação, Estadão Conteúdo

30 de novembro de 2019 | 17h21

O técnico Adilson Batista comandou, na manhã deste sábado, o segundo treinamento desde que retornou ao Cruzeiro, e o primeiro com os titulares à disposição. A atividade na Toca da Raposa II, sendo quase toda fechada à imprensa - apenas o aquecimento foi liberado -, e não teve as presenças do lateral Dodô e do meia Thiago Neves.

Dodô e Thiago Neves ficaram fazendo exercícios na academia. Não se sabe se os dois estarão em campo na partida contra o Vasco, nesta segunda-feira, às 20 horas, em São Januário, uma vez que o clube não tem divulgado a lista de relacionados.

É possível que Thiago Neves seja barrado. O meia está envolto em polêmicas. Ele perdeu o pênalti na última derrota por 1 a 0 para o CSA e teve um áudio vazado em que pedia o pagamento de salários atrasados ao diretor de futebol e presidente do Conselho Deliberativo Zezé Perrella. Na coletiva de sua apresentação, Adilson afirmou que não teria problema em barrar medalhões.

Dedé está recuperado de uma lesão no joelho direito e pode ser relacionado. É provável que fique no banco de reservas. O defensor não entra em campo há mais de um mês. Sua última partida foi contra o Corinthians, em 19 de outubro.

Apesar de não ter antecipado nada sobre a escalação, a tendência é que o treinador opte por um time mais conservador, com a entrada de mais um volante, que deve ser Ariel Cabral. O argentino atuaria no meio junto de Henrique e Éderson em uma formação sem armador e com três atacantes. Jadson também briga pela vaga.

A tendência é de que Adilson escale o Cruzeiro com Fábio; Orejuela, Cacá, Léo, Egídio; Henrique, Ederson, Ariel Cabral; Pedro Rocha, Joel, David.

A delegação do Cruzeiro viaja ao Rio na noite deste sábado. No domingo, o time treina na Gávea pela última vez antes da partida contra o Vasco, marcada para esta segunda-feira, às 20 horas, em São Januário.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.