Cruzeiro vence América por 3 a 1

O Cruzeiro venceu o América por 3 a 1 neste domingo, no Mineirão, e voltou a dividir a liderança da segunda fase do Campeonato Mineiro com o adversário, em pontos ganhos - ambos somam nove, no grupo B. Para garantir presença na decisão, no entanto, o time do técnico Luiz Felipe Scolari, com dois gols a menos de saldo, precisa bater a Caldense, no próximo domingo, quando se encerra a etapa semifinal, e ainda torcer para o América perder para o Ipatinga ou pelo menos empatar, no mesmo dia, caso não queira depender de contas.Os times fizeram um primeiro tempo equilibrado, com chances de gols dos dois lados. O América chegou com mais perigo aos 14, em cabeçada de Rodrigo. O Cruzeiro respondeu com chute de Oséas, aos 24, mas só abriu o placar aos 43. O mesmo Oséas recebeu passe de Jorge Wagner na área , virou bem e bateu de perna esquerda, sem chance para Ranieri.Os americanos conseguiram empatar aos 20 da segunda etapa, em cobrança de falta de Fabrício. Graças a substituições efetuadas por Scolari, porém, o Cruzeiro, que estava obrigado a vencer para continuar com chances de ir à decisão, passou à frente. Aos 27, Sorin cabeceou bem na área e converteu e, aos 39, Geovanni selou o resultado, batendo pênalti sofrido por Oséas.A penúltima rodada dos quadrangulares semifinais foi aberta no sábado com a goleada de 4 a 1 do Atlético-MG sobre o Mamoré, também no Mineirão, pelo grupo A. O placar deixou os atleticanos a um empate - ou até mesmo derrota por um gol de diferença - da classificaçao para a final, no domingo que vem, quando enfrentam o Vila Nova.Para ficar com a vaga, o Vila, que neste domingo bateu o Rio Branco por 1 a 0, precisa derrotar o Alvinegro por dois gols de diferença, mas marcando pelo menos três no adversário - já que tem três pontos a menos e saldo inferior. O Ipatinga, que também estava na briga pela vaga do grupo B, reduziu bastante as chances de chegar a final ao ser vencido por 2 a 1 pela Caldense, dentro de casa, também neste domingo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.