Cruzeiro vence e lidera o Mineiro

Com um gol de pênalti, bastante contestado pelo adversário, o Cruzeiro venceu apertado o Guarani, de Divinópolis, por 1 a 0, na tarde deste domingo, no Mineirão, em partida válida pela quinta rodada do Campeonato Mineiro. O atacante Fred foi o autor da cobrança.Com o resultado, a Raposa, que tem 100% de aproveitamento na competição, voltou a ocupar o primeiro lugar na tabela, seguida do Ipatinga, que tem 10, e Atlético-MG, que soma nove. Com a derrota, o time de Divinópolis continua na vice-lanterna do Mineiro, com três pontos.Mesmo jogando, desde os 19 minutos do primeiro tempo com um jogador a mais, já que Andrezinho foi expulso, o Cruzeiro só conseguiu a vitória, através de um pênalti polêmico. Aos 42 da primeira etapa, Fábio Santos levantou a bola na área. A defesa do Guarani falhou e Jean caiu na área, após dividir a jogada com Fernandinho. O árbitro mineiro Joel Tolentino Da Mata Júnior marcou pênalti. Dois minutos depois, Fred bateu no canto esquerdo e deu a vitória à Raposa.Nas demais partidas deste domingo, válidas pelo Mineiro, o Ituiutaba aproveitou o fato de jogar em casa para superar o América por 2 a 0. A equipe do Triângulo conseguiu a vitória na etapa final, com gols do meio-campo Oscar, aos 15, e do atacante Washington, nos acréscimos. Com a derrota o Coelho caiu para a nona colocação da tabela.Susto - Além do resultado negativo, a diretoria americana levou um susto. O zagueiro Paulão desmaiou no final da partida, deixando o Coelho com dez jogadores em campo nos últimos minutos. O jogador ficou em observação no próprio estádio e depois foi liberado. Os médicos culparam o horário da partida pelo mal-estar do jogador. O jogo começou às 10h30, sob um forte calor.Em outra partida, o Democrata empatou com a URT, por 2 a 2, no estádio Duarte de Paiva, em Sete Lagoas. Valério e Caldense empataram por 1 a 1, em Itabira. Já o Mamoré foi goleado por 4 a 0 para o Ipatinga, em Patos de Minas.

Agencia Estado,

13 de fevereiro de 2005 | 18h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.