Cruzeiro vence e se mantém na ponta

O Cruzeiro manteve a invencibilidade de dois anos no Torneio Sul-Minas ao vencer o Figueirense (SC) por 1 a 0, nesse domingo, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. O único gol da partida foi marcado pelo atacante Edílson. A vitória manteve os mineiros na liderança isolada da competição com 23 pontos, em nove jogos. O Figueirense caiu para a décima colocação, com doze pontos, em dez partidas disputadas. Apesar de ter sido escalado pelo técnico Marco Aurélio com três zagueiros o Cruzeiro iniciou a partida no ataque. Em dois lançamentos de Edílson, um para Fábio Júnior e outro para Fernando Miguel, o time Celeste perdeu grandes chances de abrir o marcador. O Figueirense somente acertou seu posicionamento em campo após os 30min iniciais. A partir daí, a equipe de Florianópolis passou a pressionar o Cruzeiro, perdendo também duas boas oportunidades, com Willian e Mabilia, que forçaram o goleiro Jefferson a fazer grandes defesas. No segundo tempo, o Figueirense manteve a pressão e aos 12min Doriva chutou cruzado, de fora da área. A bola passou entre as pernas do atacante Selmir que estava sozinho, dentro da pequena área. O Figueirense pagou pelo erro dois minutos depois. Na tentativa de sair jogando com o pés, goleiro Caetano perdeu a bola para Jussiê que deixou Edílson na cara do gol para dar a vitória ao Cruzeiro, em Florianópolis. Depois de tomar o gol, o Figueirense partiu para cima do Cruzeiro na tentativa desesperada de alcançar o empate. Porém, em tarde iluminada, o goleiro Jefferson fechou o gol cruzeirense. Nas duas melhores chances do Figueirense, na etapa final, Jefferson mostrou que está em grande fase. Na primeira, aos 24min, defendeu cobrança de falta de Pires no ângulo esquerdo. A bola ainda chegou a tocar no travessão antes de ir para escanteio. Na segunda, aos 31min, espalmou chute forte de Marcelinho. O goleiro mineiro ainda contou com a sorte pois, no rebote, Willian sozinho chutou para fora. No final do jogo, o zagueiro Cris, do Cruzeiro e da Seleção Brasileira, foi expulso pela terceira vez este ano, ao dar uma cabeçada no atacante Renato Martins, do Figueirense. Ainda pela Copa Sul-Minas, o América usou também a cabeça para derrotar, por 3 a 1, o Tubarão (SC), neste domingo, jogando no Independência, em Belo Horizonte. Tucho, Max e Renaldo marcaram de cabeça para os mineiros. Eduardo descontou para o Tubarão. O América melhorou a sua colocação no torneio, chegando a 11ª posição, com 12 pontos ganhos em dez jogos.O Tubarão, manteve-se na quarta posição, com 18 pontos e com o mesmo número de partidas realizadas.

Agencia Estado,

10 Março 2002 | 18h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.