Cruzeiro vence Guarani por 2 a 0

Cada vez mais próximo da conquista do título do Campeonato Mineiro de 2003, o Cruzeiro não teve dificuldades e nem precisou se esforçar muito para passar hoje pelo Guarani e manter a liderança isolada da competição. O time do técnico Vanderlei Luxemburgo derrotou a equipe de Divinópolis por 2 a 0, no Mineirão, e está a uma vitória e um empate da conquista do Estadual. O Cruzeiro, que se mantém invicto no campeonato e fará ainda mais três jogos, chegou aos 25 pontos em nove partidas. Como tem se tornado comum no início desta temporada, o meia Alex foi o principal destaque da equipe de Belo Horizonte. Numa tarde ensolarada, de muito calor na capital mineira, o time celeste não precisou imprimir um ritmo forte à partida para assegurar os três pontos. No primeiro ataque azul, Mota fez 1 a 0. O atacante concluiu com tranqüilidade um passe do lateral-esquerdo Wendell, após uma bela jogada de Deivid, aos seis minutos do primeiro tempo. O Cruzeiro ainda teve a chance de ampliar quando, aos 23 minutos, Alex entrou driblando pela área adversária e foi derrubado pelo goleiro Flávio. Na cobrança de Mota, no entanto, o goleiro do Rio Branco foi bem e evitou o segundo gol. Na etapa final, Alex cobrou falta da entrada da área e acertou o travessão. No rebote, o volante Augusto Recife fez 2 a 0. Depois do gol, o time de Luxemburgo caiu de produção e deu espaço para a equipe do interior. O Guarani, contudo, não teve forças nem qualidade para buscar a reação e continua na lanterna da competição, com apenas quatro pontos em oito jogos.Ficha TécnicaCruzeiro: Gomes: Luisão (Jussiê), Marcelo Batatais e Edu Dracena (Márcio); Maurinho, Augusto Recife, Martinez, Alex (Marcelo Ramos) e Wendell; Deivid (Aristizábal) e Mota. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.Guarani: Flávio; Ivan (Marquinhos), Rodrigo e Félix; Marco Aurélio, Lico, André, Agamenon (Tiago) e Vagner: Luizinho e Kalil (Marcos). Técnico: Célio Costa.Gols: Mota, aos seis minutos do 1º tempo; Augusto Recife, aos três minutos do 2º tempo.Árbitro: Douglas Messias.Cartão amarelo: Flávio, Félix, André, Lico, Luisão.Renda: R$ 17.140,00.Público: 7.866 pagantes.Local: Mineirão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.