Cruzeiro vence Palmeiras e fica com o vice-campeonato

O Cruzeiro venceu um jogo dramático contra o Palmeiras neste domingo, de virada, por 2 a 1, pela última rodada do Campeonato Brasileiro. E com o resultado em Sete Lagoas e o empate do Corinthians diante do Goiás, o time mineiro ficou com o vice-campeonato.

LUIZ RAATZ, Agência Estado

05 de dezembro de 2010 | 19h40

O gol da vitória deste domingo foi marcado por Wallyson apenas aos 46 minutos do segundo tempo. Antes, Rivaldo havia aberto o placar para o Palmeiras e, pouco depois, Henrique empatado para o Cruzeiro.

Com os resultados deste domingo, o Cruzeiro chegou aos 69 pontos e terminou com um na frente do Corinthians, assegurando o vice-campeonato. O título ficou com o Fluminense, que finalizou com 71. O Palmeiras, por sua vez, encerrou o Brasileirão na décima colocação.

Precisando da vitória, o Cruzeiro partiu para cima desde o início. Roger organizava o meio-de-campo e armava as principais jogadas da equipe. A primeira boa chance veio logo aos 13 minutos, quando Henrique recebeu bom passe na entrada da área, girou e bateu. Bruno fez boa defesa.

O Palmeiras, com um time composto por reservas e jovens revelações, assustava pouco e corria muito. As melhores jogadas saíam pela direita, com Vinícius e Patrik. O primeiro grande susto veio com Dinei, que fez boa tabela pela direita e chutou perto do gol de Fábio.

No último minuto do primeiro tempo, o Cruzeiro teve sua maior chance na partida até então. Novamente Henrique apareceu na área livre e cabeceou com firmeza, exigindo grande defesa de Bruno.

O Cruzeiro voltou após o intervalo com Gilberto no lugar de Rômulo. Aos 4 minutos, Montillo cobrou falta no ângulo e Bruno fez outra grande defesa. Apesar da pressão, foi o Palmeiras quem abriu o placar aos oito minutos, quando o meia Patrik fez boa jogada e cruzou para Rivaldo completar de cabeça.

A pressão do Cruzeiro aumentou ainda mais na sequência. E o empate veio aos 18 minutos, depois de Henrique receber passe na esquerda de Diego Renan e chutar forte. Desta vez, Bruno não teve o que fazer, para a alegria do torcedor cruzeirense.

O Palmeiras procurou se segurar como podia nos minutos finais, mas nada pôde fazer aos 46 minutos, quando Wallyson acertou chute forte e acertou a trave. Antes de entrar, a bola ainda resvalou nas costas de Bruno, em gol chorado que garantiu o vice-campeonato.

FICHA TÉCNICA

Cruzeiro 2 x 1 Palmeiras

Cruzeiro - Fábio; Rômulo (Gilberto), Gil, Léo e Diego Renan; Henrique, Marquinhos Paraná, Roger (Farias) e Montillo; Thiago Ribeiro e Wellington Paulista (Wallyson). Técnico: Cuca.

Palmeiras - Bruno; Leandro Amaro, Gualberto e Fabrício; Vítor, Bruno Turco (Luis Felipe), Fernando (Jean), Patrik e Rivaldo; Dinei e Vinícius (Lenny). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Gols - Rivaldo, aos 8, Henrique, aos 17, e Wallyson, aos 46 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Patrik, Fabrício, Leandro Amaro, Wallyson e Diego Renan.

Árbitro - Wilton Pereira Sampaio.

Público - 16.191.

Renda - R$ 445.445.

Local - Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.