Cruzeiro vence São Raimundo e avança

O Cruzeiro não teve dificuldades para golear o São Raimundo por 5 a 1, nesta quarta-feira, em Maceió. Com a vitória, a equipe mineira se classificou para as semifinais da Copa dos Campeões - no primeiro jogo já havia vencido por 1 a 0. Os gols cruzeirenses foram marcados por Ricardinho, Sorín, Oséas e Marcelo Ramos (2), enquanto Sidney descontou para o time do Amazonas. O próximo adversário do Cruzeiro sai do confronto entre Flamengo e Bahia.Depois dos problemas que o Cruzeiro teve para vencer o primeiro jogo, o técnico Paulo César Carpegiani resolveu fazer algumas alterações na equipe. Primeiro, ele trocou o esquema 3-5-2 pelo 4-4-2. Depois, promoveu os retornos de Neném à lateral direita e de Sérgio Manoel ao meio-de-campo e reconduziu Sorín à ala esquerda. Com isso, o time mineiro teve o domínio da partida e construiu o resultado ainda na etapa inicial. O primeiro gol foi marcado logo aos três minutos. Neném desceu pela ponta direita e cruzou para a área, onde Marcelo Ramos chutou de primeira, sem chance para o goleiro Iúna.Seis minutos depois, o volante Ricardinho fez grande jogada pelo meio. Depois de passar pela marcador adversário, ele chutou rasteiro, no canto esquerdo do goleiro do São Raimundo: 2 a 0. O time mineiro ampliou aos 12, quando Neném apoiou novamente com eficiência pela direita e cruzou a bola. Sorín, sozinho, cabeceou firme no ângulo e fez o terceiro.O time amazonense ensaiou a reação e diminuiu aos 28 minutos, em belo gol do meia Sidney. Mas o Cruzeiro acabou com as esperanças do adversário aos 37, quando Oséas recebeu um bonito passe de Sorín, na esquerda, e tocou na área para Marcelo Ramos fazer o seu segundo na partida.Na etapa final, o São Raimundo partiu com tudo para o ataque, já que precisava de pelo menos mais quatro gols para levar a decisão para os pênaltis. Dessa forma, deixou a defesa desprotegida e o Cruzeiro, mantendo o padrão do primeiro tempo, soube aproveitar o espaço. Tanto que, aos 22 minutos, Cléber lançou Sorín, que apenas rolou para Oséas, na entrada da área. Desmarcado, o atacante chutou forte, no ângulo de Iúna, fazendo 5 a 1.No restante do jogo, o time mineiro apenas administrou o resultado, enquanto os jogadores do São Raimundo, desanimados, não criaram grandes oportunidades para diminuir a vantagem adversária.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.