Vinnicius Silva/Divulgação
Vinnicius Silva/Divulgação

Cruzeiro visita Huracán e inicia caminhada por título da América

Equipe de Mano Menezes aposta na manutenção da base de sua equipe contra o Huracán no estádio El Palacio

Gabriel Melloni, Estadão Conteúdo

07 de março de 2019 | 06h58

O Cruzeiro inicia sua caminhada em busca do título da Copa Libertadores na Argentina. Diante do Huracán no estádio El Palacio, nesta quinta-feira, às 19 horas, o time mineiro estreia na edição de 2019 do torneio continental, que não conquista desde 1997.

A aposta do Cruzeiro é na manutenção de sua base. Se perdeu Arrascaeta para o Flamengo e reforçou seu elenco com algumas peças importantes, o time titular desta quarta deve ter apenas um jogador que não estava no clube no ano passado, o meia Rodriguinho.

Isso não significa, no entanto, que o técnico Mano Menezes tenha revelado a escalação para o confronto. Sem jogar desde o último dia 24, o treinador apostou no descanso - já que deu três dias de folga para seus comandados no carnaval - e no mistério, sem confirmar a escalação nem mesmo para os jogadores.

"O Mano procura definir o time um pouco antes dos jogos, trabalha várias opções, e os jogadores que viajaram têm que estar preparados. Quem o Mano for colocar tem que dar conta do recado e fazer um bom jogo", chegou a dizer o atacante Rafinha na véspera da partida.

O jogador, aliás, é uma das dúvidas de Mano. Sem Thiago Neves, que se recupera de lesão, o treinador deve escalar Rafinha, mas tem Marquinhos Gabriel como opção. Na defesa, Dedé, suspenso, deve dar lugar a Murilo, mas Fabrício Bruno também briga pela vaga.

A suspensão de Dedé, aliás, aconteceu na última vez que o Cruzeiro enfrentou um adversário argentino na Libertadores. O zagueiro foi expulso no polêmico duelo de quartas de final diante do Boca Juniors, no Mineirão, que selou a queda do time em 2018, após ter seu cartão vermelho da ida, em La Bombonera, retirado.

O confronto desta quinta será um teste importante para uma equipe que ainda tenta se firmar neste início de temporada. Em oito partidas oficiais na temporada até o momento, todas pelo Campeonato Mineiro, o Cruzeiro segue invicto, mas somou apenas quatro vitórias, além de quatro empates.

Do outro lado, estará um adversário que vive má fase neste início de ano. Sétimo colocado no Campeonato Argentino, com 32 pontos em 21 partidas, o Huracán venceu somente uma partida em 2019, em sete disputadas. Este triunfo, aliás, é o único da equipe nos últimos 10 jogos. Uma das principais peças do elenco é o atacante Lucas Barrios, ex-Grêmio e Palmeiras.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.