Cruzeiro volta a jogar em Belo Horizonte após 2 anos

O Cruzeiro entra em campo neste sábado com esperança de conquistar a terceira vitória seguida no Campeonato Brasileiro, para marcar com festa o retorno a Belo Horizonte. Após mais de dois anos atuando apenas no interior de Minas Gerais, período em que os estádios da capital estavam em reforma, o time recebe o Figueirense no Independência, a partir das 18h30, em partida da quinta rodada.

MARCELO PORTELA, Agência Estado

16 de junho de 2012 | 08h03

Entre os atletas e torcedores - que esgotaram em pouco mais de 24 horas os ingressos colocados à venda -, o clima só não é mais animado porque a equipe entrará desfalcada em campo. O meia Tinga foi poupado dos treinos durante toda a semana, mas as dores musculares que sente não deram trégua e ele nem chegou a ser relacionado para o jogo contra o Figueirense.

O técnico Celso Roth não quis confirmar quem atuará na vaga de Tinga, explicando que ainda não escolheu o substituto. O mais provável é a entrada do volante Marcelo Oliveira. Mas ele indicou que pode usar o meia Souza ou até mesmo o atacante Wallyson. "Temos que analisar a condição individual e momentânea de cada atleta", afirmou o treinador.

Ainda invicto no Brasileirão, o Cruzeiro somou dois empates nas duas primeiras rodadas e duas vitórias nas duas últimas. Agora, conta com um importante reforço para melhorar ainda mais sua campanha: jogar novamente perto de sua torcida em Belo Horizonte - nas duas vezes que foi mandante no campeonato, o time mineiro teve que cumprir punição e não pôde atuar no recém-inaugurado Independência.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoCruzeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.