GuaraniFC/Luciano Claudino
GuaraniFC/Luciano Claudino

CSA empata com Guarani na estreia de Valentim e deixa a zona de queda da Série B

Equipe alviverde permanece entre os quatro últimos colocados e não vence em casa há cinco rodadas

Redação, Estadão Conteúdo

19 de junho de 2022 | 15h08

Na estreia do técnico Alberto Valentim, o CSA deixou a zona de rebaixamento da Série B do Brasileiro ao empatar sem gols com o Guarani, na manhã deste domingo, no Estádio Brinco de Ouro, em Campinas, no encerramento da 13ª rodada.

Sem vencer há cinco jogos como mandante, o Guarani permanece na zona de queda, em 18º lugar, com 13 pontos. O CSA subiu para a 16ª colocação, com 14, empurrando o Náutico para a degola.

O primeiro tempo foi dominado pelo CSA, que criou boas oportunidades em chutes de Osvaldo e Rodrigo Rodrigues. Nervoso, o Guarani errava muitos passes. Se estava difícil por baixo, o jeito foi apostar na bola aérea. E foi assim que quase abriu o placar aos 35 minutos. Giovanni Augusto cobrou escanteio e Ernando cabeceou na trave de Marcelo Carné. Apesar de ter criado a melhor oportunidade do primeiro tempo, o Guarani desceu para o vestiário vaiado pelos torcedores presentes no Brinco de Ouro.

O Guarani voltou com uma postura mais ofensiva para o segundo tempo, mas quem quase marcou foi o CSA. Logo aos dois minutos, Osvaldo cruzou e Lourenço, livre de marcação, cabeceou por cima. Depois do susto, o time da casa conseguiu equilibrar as ações.

Na melhor oportunidade do segundo tempo, Yago ficou com a sobra após bate e rebate dentro da área do CSA e acertou a trave. Aos 36, Lucão do Break viu Marcelo Carné fazer grande defesa em sua cabeçada. No último lance de perigo do jogo, o goleiro dos visitantes trabalhou em chute rasteiro de Maxwell.

Pela 14ª rodada, o Guarani volta a campo na sexta-feira, contra o Londrina, às 19 horas, no Estádio do Café, em Londrina (PR), e o CSA recebe o Grêmio na quinta, às 21h30, no Rei Pelé, em Maceió (AL).

FICHA TÉCNICA

GUARANI 0 X 0 CSA

GUARANI - Rafael Martins; João Vitor, Ernando (Júlio César) e Leandro Castan; Diogo Mateus (Lucas Ramon), Rodrigo Andrade (Silas), Leandro Vilela, Giovanni Augusto e Matheus Pereira; Bruno José (Yago) e Lucão do Break (Maxwell). Técnico: Marcelo Chamusca.

CSA - Marcelo Carné; Lucas Marques, Wellington, Lucão e Diego Renan; Geovane (Bruno Mota), Giva Santos e Gabriel (Yann Rolim); Lourenço (Didira), Osvaldo (Marco Túlio) e Rodrigo Rodrigues. Técnico: Alberto Valentim.

ÁRBITRO - Leonardo Willers Lorenzatto (MT).

CARTÃO AMARELO - Didira (CSA).

RENDA - R$ 58.280,00.

PÚBLICO - 3.144 pagantes.

LOCAL - Estádio Brinco de Ouro, em Campinas (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.