CSA perde técnico depois de derrota para o São Paulo

Para um clube que quando consegue classificação disputa a Série D do Campeonato Brasileiro, perder apenas de 1 a 0 para o São Paulo na primeira fase da Copa do Brasil, em casa, e garantir o jogo de volta no Morumbi já é um bom resultado. Mas o CSA não deu sorte e perdeu seu treinador, Oliveira Canindé.

AE, Agência Estado

14 de março de 2014 | 17h21

Ele foi anunciado como novo treinador do América-RN, onde vai substituir Leandro Sena, demitido após derrota para o Ceará, por 4 a 0, na primeira partida das semifinais da Copa do Nordeste, na quarta-feira.

"Agradecemos ao técnico Oliveira Canindé por sua contribuição ao Centro Sportivo Alagoano (CSA) durante seu período à frente de nossa equipe. Desejamos que tenha sorte em seu novo desafio, e buscaremos de imediato um novo nome para assumir seu cargo", anunciou, em comunicado, a diretoria do CSA.

Até que um novo treinador seja contratado, Elinaldo da Silva Lira, o Lino (que não é o mesmo que passou pelo São Paulo), vai ser mais uma vez o interino no clube alagoano. A partida de volta, no Morumbi, está marcada para 9 de abril. O CSA avança com qualquer vitória, exceto 1 a 0, que leva a decisão para os pênaltis.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCSACopa do Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.