CSF confirma River Plate como vencedor de jogo suspenso

ASSUNÇÃO - A Confederação Sul-Americana de Futebol (CSF) confirmou nesta terça-feira a vitória do River Plate uruguaio na partida da última terça com o Blooming pela fase preliminar da Copa Sul-Americana, suspensa por falta de segurança. O time boliviano ainda foi punido pela CSF com uma multa de US$ 10 mil.

EFE,

18 de agosto de 2009 | 16h26

Veja também:

Sul-Americana 2009 - lista Tabela

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

O árbitro peruano Víctor Hugo Carrillo decidiu suspender a partida por falta de segurança no Estádio Ramón Tahuichi Aguilera, de Santa Cruz de la Sierra.

Carrillo parou o jogo aos 20 minutos do segundo tempo, quando o River Plate vencia por 1 a 0, após um torcedor entrar no campo e agredir o jogador Henry Giménez, do time uruguaio.

O secretário-executivo da CSF, Francisco Figueredo Brítez, declarou os uruguaios vencedores pelo placar de 3 a 0. O documento já foi enviado às federações dos dois países.

Com a decisão, o time uruguaio deixou praticamente encaminhada a classificação à próxima fase. O jogo de volta será dia 27, em Montevidéu, e quem sair pega Vitória ou Coritiba - os baianos venceram a ida por 2 a 0, em casa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.