Marcos de Paula/Estadão
Marcos de Paula/Estadão

CSKA anuncia saída de Vágner Love para clube chinês

Valores da negociação giram em torno dos R$ 35 milhões

AE, Agência Estado

24 de julho de 2013 | 11h45

MOSCOU - O atacante Vágner Love está de malas prontas para atuar no futebol chinês. Nesta quarta-feira, o CSKA Moscou confirmou a transferência do jogador para o Shandong Luneng. Os clubes não divulgaram o valor da negociação, mas especula-se que os russos tenham recebido 12 milhões de euros (pouco mais de R$ 35 milhões) pelo brasileiro.

O Shandong Luneng informou, através de seu site oficial, que negociava pelo jogador há três meses, e que o contrato já foi formalmente assinado - não foi revelada sua duração. No novo clube, Vágner Love terá a companhia de outro atacante brasileiro, Gilberto Macena, e será comandado pelo técnico sérvio Radomir Antic.

Também através de seu site oficial, o CSKA explicou que tentou convencer Vágner Love a permanecer no clube, mas que não poderia impedir a saída pois a proposta "foi algo único na carreira de um jogador". "A decisão foi realmente difícil para ambos, clube e jogador", comentava o time russo em comunicado.

Ao longo de suas três passagens pelo CSKA desde 2004, Vágner Love atuou em 255 partidas, nas quais marcou 124 gols. Por isso, o clube mostrou gratidão pelo jogador. "Gostaríamos de agradecer o Vágner por sua contribuição no cenário de sucesso do clube nas últimas temporadas."

Revelado nas categorias de base do Palmeiras, Vágner Love foi para o CSKA em 2004. Depois de cinco anos na Rússia, o atacante conseguiu voltar ao Brasil. Após passagens por Palmeiras e Flamengo, retornou à Rússia, mas insistia em tentar sua liberação para voltar ao País, o que aconteceu no segundo semestre de 2012, quando atuou no Flamengo pela última vez.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.