CSKA Moscou rejeita oferta do Valencia pelo brasileiro Jô

Equipe espanhola oferece R$ 47 milhões pelo jogador, mas russo querem mais para liberá-lo

Efe,

25 de janeiro de 2008 | 11h16

O CSKA Moscou rejeitou o valor oferecido pelo Valencia para contratar o atacante brasileiro Jô, ex-Corinthians. O clube espanhol estava disposto a pagar até 18 milhões de euros (cerca de R$ 47 milhões) pelo jogador, informou nesta sexta-feira a diretoria do CSKA. "Neste momento, a resposta é não", disse o presidente do clube moscovita, Evgeny Giner, ao jornal local Sport-Express. Pode-se dizer que as duas agremiações "não chegaram a um acordo quanto ao preço" da transferência de Jô, que "continua sendo jogador do CSKA", acrescentou o presidente do clube russo. Segundo notícias veiculadas na imprensa esportiva local, o CSKA, que há dois anos contratou Jô por 6,5 milhões de euros (R$ 17 milhões), está disposto a vender o jogador, de 20 anos, por pelo menos 20 milhões de euros (R$ 52 milhões). Na última temporada do Campeonato Russo Jô dividiu a artilharia do torneio com o também brasileiro e companheiro de CSKA Vágner Love, com 13 gols. O ex-jogador do Corinthians disputou com o CSKA 45 partidas. Marcou 27 gols.

Tudo o que sabemos sobre:
ValenciaCSKA Moscou

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.