Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Cuca afirma que as seis próximas rodadas vão definir futuro do Palmeiras

Treinador vê sequência do Campeonato Brasileiro como importante para a equipe e também para os rivais se posicionarem na tabela

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

15 de setembro de 2017 | 17h55

O técnico Cuca, do Palmeiras, divulgou nesta sexta-feira uma meta para o Palmeiras continuar a subir no Campeonato Brasileiro. Pelo planejamento dele, as seis próximas rodadas serão fundamentais para delimitar a ambição do clube na competição, seja para se manter entre os quatro primeiros colocados, ou para continuar com o sonho de reagir e conseguir o título.

"Os nossos seis próximos jogos, aliados aos seis jogos dos adversários, vão nos trazer uma noção pelo que a gente a luta. Se dermos uma arrancada grande, quem sabem podemos lutar pelo título", afirmou o treinador em entrevista coletiva. Pela ordem, o Palmeiras enfrenta o Coritiba, depois o Fluminense, Santos, Bahia, Atlético-GO e Ponte Preta dentro dessa série de seis partidas.

Para o próximo jogo, contra o Coritiba, na segunda-feira, no Pacaembu, o técnico terá de fazer duas mudanças no time. Expulsos no sábado, contra o Atlético-MG, o zagueiro Luan e o atacante Willian devem dar lugar, respectivamente, a Juninho e Dudu. A equipe treinou nesta sexta-feira à tarde, sem a presença dos jornalistas e terá mais dois trabalhos antes da partida.

Cuca descartou contar no jogo com o goleiro Jailson. Apesar de ter voltado a treinar, o jogador ainda está em fase final de recuperação de lesão no quadril e novamente será substituído por Fernando Prass. Já se passou mais de um mês desde o goleiro ter se machucado, em 9 de agosto, durante a disputa de pênaltis com o Barcelona, do Equador, pela Copa Libertadores.

Após a vitória no clássico sobre o São Paulo e o empate com o Atlético-MG, o técnico Cuca diz estar confiante com o time. "Eu estou muito satisfeito com o que fizemos em Belo Horizonte. Mesmo com nove, não abdicamos de tentar ganhar. Foi uma equipe organizada e aguerrida. Fico feliz não pelo ponto em si, mas pela maneira como conquistou. Temos que pegar como exemplo", disse.

Na segunda-feira, contra o Coritiba, o Palmeiras deve ir escalado com: Fernando Prass; Mayke, Edu Dracena, Juninho e Egídio; Jean, Tchê Tchê, Moisés e Guerra; Dudu e Deyverson.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.