Cuca afirma que atacante Dodô está fora do Fluminense

Jogador está livre para negociar com o Corinthians, que já demonstrou interesse em contratá-lo

AE, Agencia Estado

26 de agosto de 2008 | 10h39

O atacante Dodô está fora do Fluminense. A informação foi confirmada na manhã desta terça-feira, pelo treinador Cuca, durante o treino da equipe na praia do Leme, no Rio de Janeiro. "O Dodô não tinha mais alegria de jogar pelo Fluminense e decidiu sair do time, de forma profissional. Ele saiu porque não estava feliz e é natural em nossa profissão que, se não estiver feliz, o jogador queira sair. O Dodô é um cara inteligente, e desejo boa sorte onde ele for", disse o treinador. Ainda de acordo com Cuca, a decisão de encerrar o contrato de Dodô foi tomada na noite de segunda-feira, após uma reunião entre o jogador, coordenador de futebol Branco, e Celso Barros, presidente da Unimed, parceira do clube.O ponto definitivo para a ruptura aconteceu no sábado. Durante o empate por 1 a 1 com o Sport, no Maracanã, Dodô foi substituído e não gostou. Na ocasião, disse que "sempre era o culpado por tudo". O atacante tentou deixar o estádio antes do fim da partida, mas foi sorteado para fazer o exame antidoping, e teve de ficar. Após o episódio, o presidente do clube, Roberto Horcades, repreendeu o atleta. "Disciplina e hierarquia formam os pilares da minha administração. Acho que o Dodô faltou com os dois", disse.CORINTHIANSCom a saída concretizada, Dodô volta a ser especulado a assumir a vaga de titular do ataque do Corinthians, já que a diretoria alvinegra havia dito, anteriormente, que não conversaria com o jogador sob contrato com o Fluminense. Vale destacar que a intenção é oferecer um contrato válido até o final do ano que vem e que o interesse corintiano começou em janeiro deste ano, quando o atleta optou pelo Fluminense.Dodô, que começou sua carreira no São Paulo, tendo passagens pelo Santos e Palmeiras, e pode completar o ciclo entre os grandes de São Paulo se acertar com o Corinthians. O jogador se diz corintiano de coração.Com o caminho livre, a diretoria do Corinthians tem como empecilho apenas o julgamento do jogador sobre um suposto doping, no ano passado, quando ainda jogava pelo Botafogo. Dodô, caso seja considerado culpado, poderá ser suspenso por até dois anos. O resultado da Corte Arbitral do Esporte sai até esta sexta-feira. Se absolvido, Dodô poderia jogar normalmente pelo Corinthians, já que disputava a Série A, enquanto o clube alvinegro está na Série B. As inscrições de atletas para o restante do ano vão até o dia 19 de setembro.

Tudo o que sabemos sobre:
BrasileirãoFluminenseDodô

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.