Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Cuca afirma que entende vaias após empate com o Atlético-MG

Torcida perdeu a paciência com o time após mais um jogo do alviverde sem vitória

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

04 de junho de 2017 | 18h42

Assim que o árbitro carioca Marcelo de Lima Henrique apitou o final do empate por 0 a 0 entre Palmeiras e Atlético Mineiro, neste domingo, grande parte dos torcedores no estádio Allianz Parque, em São Paulo, vaiou a equipe que foi campeã brasileira no ano passado. O técnico Cuca afirma que entende as vaias da torcida.

"Nós jogamos com um postulante a título e mandamos no jogo. Criamos, fomos organizados e não cedemos contra-ataques. Se a bola do pênalti entra, tudo seria diferente. É o detalhe de não ter vencido. Se fosse uma sequência de vitórias, o empate seria visto de outra forma. Eu entendo o torcedor, não concordo (com as vaias)", afirmou Cuca em entrevista coletiva.

A sequência do Palmeiras é ruim. No Campeonato Brasileiro, o time soma quatro pontos em quatro rodadas e completou três jogos sem vitória (um empate e duas derrotas). Na Copa do Brasil, avançou às quartas de final mesmo com a derrota para o Internacional por 2 a 1, em Porto Alegre, na última quarta-feira.

O treinador confia que a equipe vai retomar a sequência de vitórias. "Se tivéssemos feito o gol, seria o melhor jogo e diriam que o Palmeiras voltou a jogar bem. Como o time empatou, as coisas não vão bem. É uma retomada, é o caminho que a gente tem de percorrer. Daqui a pouco, a gente encaixa a vitória", disse Cuca.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.