Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Cuca afirma que time do Palmeiras de 2017 é inferior ao do último ano

Classificado na Copa do Brasil, treinador admite necessidade de trabalhar para fazer o milionário elenco render mais na temporada

O Estado de S. Paulo

01 de junho de 2017 | 07h00

O técnico Cuca, do Palmeiras, pediu compreensão da torcida depois da derrota por 2 a 1 do time para o Inter, nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil. O resultado classificou a equipe para as quartas de final da competição, embora tenha feito o treinador alertar que apesar de o clube ter feito mais de dez contratações para esta temporada, o time é inferior ao do ano passado. 

"Eu já falei muitas vezes, e não é crítica. O Palmeiras fortaleceu muito o seu elenco, mas se pegar o time do ano passado, não fortaleceu. Pelo contrário. Perdeu Vitor Hugo, Moisés e Jesus. Não temos a qualidade dos três, porque é muito raro achar três jogadores assim", disse Cuca na entrevista coletiva no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, depois da partida.

Cuca retornou ao comando do Palmeiras no começo de maio e garante ter encontrado um clube bem diferente em comparação com o qual trabalhou no ano passado, quando foi campeão Brasileiro. "Não adianta ficar falando que o Palmeiras é melhor e tem que ganhar tudo, porque se não ralar, não tiver entrega igualzinho aos outros, não vai chegar a lugar nenhum", defendeu. A derrota no Beira-Rio foi a terceira seguida do time na temporada.

Dos três jogadores citados por Cuca na entrevista, Vitor Hugo, Gabriel Jesus e Moisés, apenas o último continua no clube. O meia se recupera de cirurgia no joelho direito e só deve voltar a atuar em agosto. "Eu tenho muito serviço, muito trabalho para melhorar, para ter o encaixe que eu gosto, aquela volúpia, aquela velocidade. Tem muito trabalho, mas não tenho tempo, porque é jogo em cima de jogo. Requer um período, mas vai acontecer", comentou.

A delegação do Palmeiras retorna para São Paulo na tarde desta quinta-feira. O próximo compromisso será no domingo, contra o Atlético-MG, no Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.