Divulgação
Divulgação

Cuca confia que terá Pierre à disposição na Argentina

Com uma lesão na coxa, volante ainda não treinou nesta intertemporada

AE, Agência Estado

28 de junho de 2013 | 15h46

BELO HORIZONTE - O técnico Cuca está otimista com a escalação de Pierre na partida decisiva da próxima quarta-feira, contra o Newell''s Old Boys, em Rosário (Argentina). O volante ainda não treinou nesta intertemporada, com uma lesão na coxa, e pode ser o quarto desfalque da equipe mineira na primeira semifinal da Libertadores.

"Acho que estará em campo. Conhecendo o Pierre como a gente conhece, preferi deixá-lo fora de treinos. Temos a esperança total que ele vai jogar", disse Cuca, esperançoso de que a vontade do volante atuar será maior do que as dores causadas pela inflamação na coxa esquerda, que vem desde antes da pausa para a Copa das Confederações.

Caso Pierre não jogue, Cuca tem duas opções. Uma é deslocar Richarlyson para atuar como segundo volante e escalar Júnior César na lateral-esquerda. Outra seria promover a estreia do jovem Lucas Cândido, de apenas 19 anos, que nunca atuou como profissional e teria que fazer isso numa semifinal de Libertadores, na Argentina.

"Não é ideal lançar o Lucas num jogo desses. Se puder evitar o lançamento de um jogador num jogo desses, é melhor", disse Cuca, que confirmou, porém, que o volante foi inscrito na Libertadores. O zagueiro Jemerson também ficará à disposição.

Isso porque o treinador não pode contar com Réver, suspenso, e Leonardo Silva e Leandro Donizete, machucados. Rafael Marques, Gilberto Silva e Josué entram no time. Nesta sexta, a equipe que treinou foi a mesma do dia anterior, com Júnior César na vaga de Pierre entre os 11.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolAtlético-MGCopa Libertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.