Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Cuca confirma estreia de Deyverson e Jailson titular pelo Palmeiras

Técnico revela ter tirado Fernando Prass do gol para preservá-lo e promete mudanças na escalação contra o Sport

O Estado de S. Paulo

21 de julho de 2017 | 18h54

O técnico Cuca confirmou a presença de dois jogadores do Palmeiras para o jogo de domingo, contra o Sport, na Arena Pernambuco, pelo Campeonato Brasileiro. O time terá a estreia do atacante Deyverson, recém-contratado pela equipe, e pelo segundo jogo seguido, o goleiro titular será Jailson, e não Fernando Prass, dono da posição desde o início da temporada 2013.

"Ele (Jailson) segue na equipe", disse Cuca em entrevista coletiva no hotel da equipe. Apesar da troca, o treinador elogiou o antigo titular. "O Fernando é um cara para ser espelhado, inclusive pelo Jailson. E ele pode voltar, é natural. Eu tenho confiança nele também, assim como tenho no Jailson. O Jailson sempre apoiou o Fernando, e como o Fernando fez no Rio. Após o jogo, ele foi cumprimentar o Jailson. Somos uma equipe", afirmou.

Cuca afirmou que sentiu ser o momento de preservar Fernando Prass. "O goleiro quando tem uma falha pequena, uma microfalha, e ela não passa despercebida. Quando tem uma falha normal e ela passa como uma grande falha, eu acho que é hora de a gente preservá-lo", disse. Em partidas anteriores, o então titular havia admitido falhas em alguns gols sofridos.

O primeiro jogo de Jailson como titular foi no empate em 2 a 2 com o Flamengo, no Rio, na quarta. A alteração foi a principal novidade para a partida e o novato no gol se destacou, ao defender o pênalti cobrado pelo meia Diego, no segundo tempo. A atuação de Jailson aumentou para 20 jogos a série de invencibilidade dele pelo Brasileiro. O goleiro jamais perdeu pela competição.

Na Arena Pernambuco o Palmeiras terá ainda a estreia do atacante Deyverson. "Ele precisa rodagem. Então, automaticamente ele vai jogar, uma parte do jogo. Vamos analisar que parte ele vai jogar. No meio de semana (Copa do Brasil), ele não vai poder jogar, então vamos ver a melhor parte", disse Cuca. O jogador ficará fora da partida com o Cruzeiro, na quarta, por não ter sido inscrito na competição.

Deyverson estava no Alavés, da Espanha, custou R$ 18 milhões e não viajou com o grupo para o Rio para ficar em São Paulo aprimorar a forma física. O atacante reforçou o elenco no Recife junto com o zagueiro Edu Dracena. As vinda ajudam o time a contornar o problema de cinco desfalques. São quatro jogadores fora por cartão amarelo (Michel Bastos, Tchê Tchê, Dudu e Borja) e mais o lesionado Willian.

Por isso, Cuca prometeu novidades na formação titular no domingo. "Às vezes é melhor colocar um jogador descansado. Precisamos fazer essa avaliação. Tem jogadores que não estão registrados na Copa do Brasil. Vamos usar a força do nosso plantel, que eu confio muito", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.